Bolsonaro demite terceiro presidente da Petrobras em seu mandato

Em pouco mais de um mês de gestão, José Mauro Coelho autorizou dois reajustes dos combustíveis
O presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, não teve tempo de esquentar a cadeira no comando da estatal

Continua depois da publicidade

Brasília – O presidente Jair Bolsonaro (PL) demitiu, na noite desta segunda-feira (23), o presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, que ficou pouco mais de um mês no cargo. Para o lugar dele, foi convidado Caio Mário Paes de Andrade – que atua como secretário especial do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Coelho autorizou dois aumentos no preço dos combustíveis e do gás em seu curto período na gestão. O maior deles no começo de maio: o aumento do valor médio do diesel foi de 8,87% nas refinarias.

Antes da escolha e posterior confirmação de José Mauro Coelho como presidente da estatal, sucessivos aumentos dos preços irritaram o presidente, que decidiu demitir o então ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque, ao qual a Petrobras está subordinada na estrutura do governo, seu maior acionista. Para substituí-lo, foi escolhido Adolfo Sachsida, que também era secretário de Guedes.

Bolsonaro criticou neste mês, tanto os reajustes da empresa, como o lucro trimestral de R$ 44,5 bilhões da Petrobras, que chamou de “estupro”. “Petrobras, estamos em guerra. Petrobras, não aumente mais o preço dos combustíveis. O lucro de vocês é um estupro, é um absurdo. Vocês não podem aumentar mais o preço do combustível,” declarou o presidente, durante sua live semanal. Era a senha para a demissão.

Na terça-feira (24), a partir das 10h, após a abertura do pregão na Bolsa de Valores, se saberá qual a reação sobre os preços das ações da Petrobras (PETR4) no mercado. Nesta segunda, o papel fechou em alta de 3,93%, a R$ 36,20, ajudando a elevar o índice Ibovespa pelo terceiro dia seguido de altas no pregão.

Por Val-André Mutran – de Brasília

1 comentário em “Bolsonaro demite terceiro presidente da Petrobras em seu mandato

  1. Aloisio mesquita dantas Responder

    Governo sem talento é desse jeito…Incompetência é o termo mais leve para definir as trapalhadas desse Governo do Bozo. Ano politico ficam feito loucos pra tentar enganar os bobos, fanáticos e lunáticos. A conta é simples… voltem ao ano de 2019 e analisem os seguintes dados: Quanto se comprava com um salario minimo em 2019 e quanto se compra hoje em 2022. é simples demais saber se esse Governo deu certo. A conta não fecha, simples! Esse Governo não deu certo, isto é fato! Agora por fanatismo acharem que esta uma maravilha já é assinar um atestado de burrice. O que está acontecendo com a economia tem pouco haver com cenário internacional, a culpa é má gestão mesmo, ou melhor dizendo… Incompetência.

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: