Marabá

Bernadete ganha PED do PT em Marabá por apenas três votos

Paulo Costa – correspondente do blog em Marabá Terminou às 21h40 da noite deste domingo, 24, a eleição do segundo turno do PED (Processo de Eleições Diretas) do Partido dos …

Paulo Costa – correspondente do blog em Marabá

imageTerminou às 21h40 da noite deste domingo, 24, a eleição do segundo turno do PED (Processo de Eleições Diretas) do Partido dos Trabalhadores (PT) em Marabá.

A eleição aconteceu das 9h às 17h, na Escola Elinda Simplício Costa (Bairro Laranjeiras) e Campus I da Unifesspa, na Nova Marabá.

De um lado, a vereadora Antônia Carvalho, apoiada por Marcelo Alves, tentava destronar a deputada estadual Bernadete ten Caten, mas sucumbiram por apenas dois votos de diferença. Com isso, Bernadete vai continuar na presidência do partido em Marabá. A deputada alcançou 584 votos e a vereadora Toinha 581 votos.

Várias pessoas reclamaram que houve “baixaria” nas eleições do segundo turno do PED em Marabá. Uma delas foi Carmelita Alves de Oliveira que, através de sua página no Facebook postou a seguinte mensagem: “Imagine, o que aconteceu hoje no local de votação no Laranjeiras. Lá que foi baixaria compra de votos por 50,00, brigas, foi tão forte que expulsaram até a deputada”. Marcelo Alves publicou na mesma rede social a seguinte mensagem: “A bola murcha do dia vai para o vice-prefeito de Marabá, Luiz Carlos Pies, que resolveu passar a madrugada disparando mensagens de celular atacando seus companheiros de partido Cláudio Puty e Beto Faro. Até o presidente estadual da legenda, João Batista Silva, recebeu a dita mensagem. Que feio. Que papelão!”

Por outro lado, a advogada Cláudia Chini, que não é vinculada ao PT, postou a seguinte mensagem conciliadora: “Parabéns pela vitória Bernadete ten Caten! Que DEUS lhe abençoe, ilumine e dê discernimento e muita sabedoria neste novo mandato. A eleição do PED 2013 foi acirradíssima restando clara a necessidade de reformulação e valoração sábia e ponderada das críticas da chapa oponente. À vereadora Toinha PT e Marcelo Alves do PT meus parabéns pela proposição. Agora é colocar as diferenças de lado, juntar o couro do boi, discutirem de forma participativa e não desagregadora, para se chegar a um consenso e trabalharem em prol de um projeto comum do Partido que representam para beneficiar a sociedade da nossa cidade e região”.

Deixe seu comentário