Redenção

Bairros de Redenção recebem campanha contra a Dengue

Oito bairros do município de Redenção, localizado no sul do estado, se encontram com alto índice de infestação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão de doenças como a Dengue, …

Oito bairros do município de Redenção, localizado no sul do estado, se encontram com alto índice de infestação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão de doenças como a Dengue, Chikungunya e a Zika vírus. A confirmação partiu da equipe de Endemias e do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano Regional (IPPUR) que, desde novembro de 2018, trabalham na prevenção contra o mosquito nestas localidades.

A presença do mosquito em níveis preocupantes foi constatada no Jardim Ariane; Planalto; Jardim Cumaru; Frei Gil de Vila Nova; São José; Novo Horizonte; Capuava e Independência. Desde ontem (31), uma equipe de agentes de Endemias, IPPUR e Secretaria de Obras estão realizando força tarefa para combater a ameaça nas áreas que estão em alerta.

De acordo com assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Redenção, um drone será usado para averiguar os locais de difícil alcance para os profissionais, como quintais fechados e caixas d’água destampadas. “Caso [o drone] encontre irregularidade, o proprietário do estabelecimento receberá um documento sendo informado que ele tem um determinado prazo para providenciar a limpeza deste terreno, que está em situação irregular,” relatou a Ascom.

Em cada ação nos bairros, uma equipe montará um posto de coleta, onde serão recebidos dos moradores: copos descartáveis, garrafas PET e outros utensílios que ajudem a evitar a água parada.

Dado o alto índice de presença do Aedes aegypti no município, a Reportagem questionou mais uma vez, sobre a utilização do carro fumacê. Segundo Makeldes Borges, responsável pelo setor de Vigilância em Saúde de Redenção, em novembro do ano passado, a Secretaria de Saúde solicitou o carro à 12ª Regional de Saúde, mas até hoje não obtiveram respostas. Ainda de acordo com informações, há somente dois carros fumacê para atender os 15 municípios da região.

A Reportagem também questionou sobre o número de pessoas com o vírus da dengue, a Assessoria de Comunicação afirmou que este número está sendo identificado através do trabalho de levantamento da infestação do mosquito; além disso, explicou ainda que poucos afetados estão procurando hospitais. “Como as pessoas já conhecem os sintomas da dengue, elas passaram a ter o hábito de se tratar em casa, com uso de paracetamol e outros medicamentos caseiros. Muitos não estão procurando as unidades de saúde. Nós só sabemos que estamos em alerta devido ao trabalho minucioso das equipes de agentes de Endemias que estão nos bairros,” informou Veridiana Veronese, assessora de Comunicação.

A campanha de prevenção, que teve inicio na última quinta-feira (31), contou com a presença de alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Jardim Cumaru, que percorreram algumas ruas, entregando folhetos e orientando manter os quintais sempre limpo. Jardim Cumaru é um dos setores que está em alerta.

Sintomas da dengue

Os sintomas da Dengue, Chikungunya e Zika vírus são: febre, dores de cabeça, dores no corpo, articulações e fraqueza. Caso eles sejam identificados, o paciente deve comparecer a uma unidade de saúde o mais rápido possível.

Deixe seu comentário