Árbitros e assistentes de Marabá e Parauapebas participam da pré-temporada em Belém

A FPF iniciou os testes físicos e teóricos com a arbitragem que vai atuar no Parazão 2021
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Federação Paraense de Futebol (FPF) já iniciou a chamada pré-temporada para árbitros e assistentes que vão atuar nos jogos do Parazão 2021. A arbitragem foi dividia em dois grupos onde terão avaliações físicas e teóricas. A primeira turma passou pelos testes no período de 11 a 14 de fevereiro, e agora a próxima turma vai embarcar para a capital Belém e fará os testes no período de 18 a 21 deste mês.

A arbitragem do sudeste está muito bem representada com árbitros e assistentes de Marabá e Parauapebas. Os profissionais marabaenses passaram pela pré-temporada com resultados acima da média, no caso dos árbitros Djonaltan Costa Araújo, que é CBF e aguardando homologação da FIFA para atuar em competições utilizando o VAR (árbitro de vídeo), e André Michel Petri Galina, que faz parte do quadro da FPF.

Outros dois profissionais de Marabá estarão nesta semana realizando testes em Belém, no caso dos árbitros Elerson Fernandes da Silva, que é mineiro e atua representando a cidade marabaense, e Antônio Eliude da Silva Costa. A cidade de Parauapebas será representada por três profissionais sendo eles Jânio Balzac Pereira, que é árbitro central e pelos assistentes Gilmar Soares Sousa e Isael da Silva. As expectativas são grandes para mais um Parazão.

“As expectativas são as melhores possíveis. A gente já começa no dia 18 pela manhã com teste físico e pela tarde a gente vai para o auditório da FPF, onde iremos praticar o teórico. No dia seguinte já voltamos para o para o CEJU e aí damos continuidade ao trabalho de campo e voltamos à tarde para auditório da FPF. Isso durante quatro dias e as expectativas é das maiores possíveis na temporada para que já possamos estar nas primeiras escalas”, afirmou Isael da Silva, assistente de Parauapebas.

O presidente da Comissão de Arbitragem do Pará (CA-PA), Lúcio Ipojucan Mattos, que foi ex-assistente, conta com instrutores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para fazer as avaliações com os grupos formados de árbitros e assistentes, tendo objetivo de capacitar ainda mais a arbitragem para que cheguem bem fisicamente e mais atualizados sobre as regras do futebol. Isael aguarda ansioso pela escala da rodada inaugural do Parazão 2021.

“Já tem jogos a partir do dia 28 de fevereiro e você sabe que a expectativa é muito grande, como eu falei das outras vezes, o difícil não entrar, o difícil é se manter. Então a gente está indo para o quinto Parazão só na elite, e juntando tudo, já é uma boa passagem. Você se manter em cinco paraenses seguidos, não é fácil não, viu. A gente fica ansioso pelas escalas dos jogos da competição”, finalizou Isael.

Por Fábio Relvas