Aos 71 anos, Professor Doutor Tadeu Oliver assume interinamente a Reitoria da UFPA

Decano do Conselho Universitário ficará no cargo até que a Presidência da República anuncie um novo reitor
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O professor mestre e doutor em Educação Matemática, Tadeu Oliver, de 71 anos, assumiu interinamente a Reitoria da Universidade Federal do Pará (UFPA), após o encerramento do prazo da portaria que colocou o vice-reitor, Gilmar Silva, como reitor em exercício. O decano do Conselho Universitário (Consun) ficará no cargo até que um dos professores que compõem a lista tríplice seja nomeado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Farei 72 anos em novembro e estou tendo a difícil missão, como decano do Conselho Universitário, de defender a autonomia da nossa universidade e protegê-la. Temos que exigir que o professor Emmanuel Tourinho e Gilmar Silva sejam nomeados pela Presidência da República, porque assim a comunidade universitária decidiu e o Consun referendou. Minha missão principal, no que espero ser um curto período como reitor, é lutar pela nomeação dos professores Emmanuel e Gilmar,” disse Tadeu Oliver.

Impasse

No dia 22 de setembro, o mandato do reitor Emmanuel Tourinho foi encerrado. Ele foi o vencedor das eleições da UFPA, com 92,7% dos votos, seguido por Zélia Amador de Deus e Doriedson do Socorro Rodrigues. Os três compõem a lista tríplice que foi enviada ao Ministério da Educação, mas devolvida à universidade porque, de acordo com a Casa Civil da Presidência da República, haveria inconformidade na consulta acadêmica, uma vez que foi adotado o mesmo peso aos votos de professores, estudantes e técnicos.

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou, na última quinta-feira (8), uma ação civil pública para que seja declarada, em caráter de urgência, a legalidade da lista tríplice, determinando a nomeação do reitor e vice à Reitoria da UFPA.

Por Dayse Gomes

Deixe seu comentário

Posts relacionados