Amigos de Penetra realizaram jogo beneficente para custear tratamento contra a leucemia

Aproximadamente 50 atletas participaram da partida que conseguiu uma arrecadação de mil reais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Aos poucos o futebol na cidade de Parauapebas, sudeste do estado, vem retornando a uma possível normalidade e neste sábado (18), uma partida especial marcou o final de semana para o esporte no município. É que a bola rolou no Estádio Castanheirão, na comunidade Palmares Sul, para o jogo beneficente em prol ao tratamento de saúde de Rayto Ribeiro da Silva, o popular Penetra, que está lutando contra a leucemia e precisa realizar tratamento na capital Belém.

O evento promovido pelo time de futebol Amigos da Palmares Futebol Chopp (APFC) teve aproximadamente 50 atletas inscritos, e que conseguiu uma arrecadação de mil reais para custear o tratamento de Penetra. A ideia do jogo beneficente surgiu pelo fato de todos os boleiros da cidade gostarem de Rayto, que sempre comparece em qualquer lugar onde a bola está rolando, sendo em gramados, sintéticos ou nas quadras espalhadas pela cidade, um verdadeiro apaixonado pelo futebol.

“Nós vimos a postagem no Facebook. O Helry e o Penetra tem uma parceria, ele é uma espécie de mascote e está com essa leucemia e a gente optou por fazer esse jogo beneficente que é muito importante, poder está ajudando. Sabemos que aqui na cidade não tem tratamento ideal para o câncer, infelizmente o poder público não consegue colocar e vai ter que ir para Belém, e vamos ter que ajudar. A família é humilde e vamos ajudar da melhor maneira possível e isso é um prazer para nós”, disse Louvanor Santos, atleta do APFC.

Todos os atletas que participaram do evento solidário contribuíram com o valor de R$ 10 para poder entrar em campo e ajudar o amigo Penetra. O amigo Helrison Costa, praticamente um irmão de Rayto, ficou sabendo da doença através de uma tia de Penetra, que comunicou sobre as dificuldades em que seu amigo estava passando e precisando com certa urgência de ajuda para viajar para Belém.

“O Penetra é um cara muito querido pelos boleiros da cidade de Parauapebas e região. Quando coloquei no Facebook apareceu gente de Belém, Maranhão, Minas Gerais, o pessoal que já morou aqui está ajudando. Ele é carismático e aonde vai chama atenção do povo pelo jeito, sua simplicidade, e por gostar de bola também, e ser uma cara especial. Não tenho nem palavras para explicar”, afirmou Helrison.

Por Fábio Relvas