Altamira: PRF apreende 38,78 metros cúbicos de madeira sendo transportada de forma ilegal

O flagrante foi feito no Km 06 da BR-230. Ao todo, nove toras de madeira, incluindo castanheira, estavam sendo levadas para o município de Anapu, onde seriam serradas
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um caminhão com 38,78 metros cúbicos de madeira em tora, que estavam sendo transportadas ilegalmente. O flagrante ocorreu por volta das 16h, do último sábado (24), no Km 06 da BR-230 (Transamazônica) em Altamira, no sudoeste do Pará.

Segundo a PRF, o caminhão, sem placas, realizava o transporte de nove toras de madeira. Durante os procedimentos de fiscalização, após análise macroscópica, foi possível identificar que pelo menos uma das toras se tratava da espécie Bertholletia excelsa, popularmente conhecida como castanheira, cuja extração é proibida, de acordo com o Art. 29 do Decreto n° 5.975 de 30 de novembro de 2006.

A equipe de policiais solicitou a documentação da carga (Guia Florestal e Nota Fiscal), porém o condutor declarou que não possuía nenhuma documentação da carga e que não era habilitado. Questionado sobre origem e destino da carga, o motorista disse que embarcou a madeira no município de Senador José Porfírio e levaria até o município de Anapu, onde seria serrada.

Diante do flagrante, o autor vai responder pelo art. 46 da Lei n 9.605/98 (Lei de Crime Ambiental). A carga foi encaminhada à Secretaria Municipal De Meio Ambiente para as medidas administrativas cabíveis. Também foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra o motorista.

Tina DeBord

Foto: PRF