Parauapebas

Em Parauapebas, adolescente morre ao bater sua moto em lombada sem sinalização

Foi a segunda morte causada por transposição de lombada com motocicleta, em pouco mais de 48 horas. Estranhamente, as duas tragédias envolveram a mesma marca e modelo de moto

O adolescente Wendel Costa Carvalho, de 16 anos, faleceu em um acidente de trânsito por volta das 23h30 deste sábado (17). Ele perdeu o controle da moto que pilotava, uma Honda POP-100, laranja, placa OTH-5903/Parauapebas (PA), ao transpor, em alta velocidade, em uma lombada no cruzamento das avenidas B e G, no Bairro Cidade Jardim.

O jovem retornava dO jovem retornava de um shopping center com a namorada na garupa. Segundo testemunhas, ele pilotava em alta velocidade e não avistou a lombada, onde bateu e acabou indo de encontro ao meio fio e uma árvore. O casal foi projetado à distância.e. O casal foi projetado à distância.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamado e, ao chegar ao local, apenas a moça, cujo nome não foi divulgado, pôde ser socorrida e conduzida ao Hospital Geral em estado. Wendel Costa teve morte instantânea no local.

Um residente das proximidades do cruzamento em que ocorreu a fatalidade disse ao Blog que não é o primeiro acidente que ocorre ali, culpando a falta de sinalização – pintura tipo zebrada nas lombadas colocadas nos cruzamentos das avenidas.

Além da falta de sinalização na lombada, é importante ressaltar ainda o excesso de velocidade e o fato de que, como menor de idade, o adolescente não poderia estar pilotando a moto, uma vez que não estava habilitado para isso.

Moto bate em muro e piloto morre com várias fraturas

Duas noites antes, na quinta-feira (15), outro jovem, Rodrigo Silva Araújo, de 25 anos, faleceu também pela falta de sinalização em uma lombada; dessa vez, na Rua Vinicius de Morais, Bairro Liberdade I. Ele perdeu o controle da moto que pilotava – também uma Honda POP –, indo parar na parede de uma residência. Sua morte se deu com várias fraturas pelo corpo, inclusive do pescoço.

(Caetano Silva)

Deixe seu comentário