Acusado de estupro de vulnerável é preso pela Polícia Militar

O homem nega as acusações, diz que tem mulher e filhos e que não seria capaz de abusar de uma criança
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Policiais militares do 23° Batalhão, de Parauapebas, conduziram à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, por volta das 16h45, de ontem, sábado (25), o encarregado de montagem Josinaldo Antônio de Sousa, 42 anos. Ele é acusado de tentativa de estupro de vulnerável, contra uma criança de 10 anos de idade, ocorrido na Rua 14, Bairro União.

Segundo a guarnição que prendeu o acusado, ele foi capturado quando os policiais realizavam patrulhamento e foram informados acerca da tentativa de estupro. Se dirigiram até o endereço indicado, porém o acusado já havia fugido. Mas, informados das características dele, não foi difícil a localização.

Josinaldo de Sousa foi encontrado na Rua G, no mesmo bairro, onde recebeu voz de prisão. Ele foi conduzido à 20ª Seccional de Polícia Civil, assim como a vítima e uma testemunha. Ouvido pela Reportagem, o homem negou as acusações. Disse que tem esposa e três filhos, sendo duas meninas e um menino e que seria incapaz de cometer o crime pelo qual está sendo acusado.

(Caetano Silva)