Secretaria de Saúde de Parauapebas anuncia a primeira vitória na luta contra a COVID-19 no sudeste do Pará

A paciente, de 62 anos, com comorbidades (diabética e hipertensa), estava internada na UTI do Hospital Geral de Parauapebas em estado gravíssimo
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma ótima notícia em relação à saúde em Parauapebas e no sudeste paraense nesta Sexta-feira Santa. A equipe da secretaria de saúde do município acaba de anunciar a primeira cura de um paciente com a COVID-19 no sudeste do Pará.

A paciente, de 62 anos, com comorbidades (diabética e hipertensa), estava internada na UTI do Hospital Geral de Parauapebas em estado gravíssimo e recebeu atenção especial do Dr. Sergio Carneiro, chefe da UTI, e de sua equipe.

A paciente, que não teve seu nome revelado por questões jurídicas, deu entrada no HGP há 15 dias e foi testada positivamente para a COVID-19 através de exame realizado pelo Laboratório Central do Pará, em Belém. Encaminha à UTI, ela estava em estado grave e respirava com ajuda de aparelhos. Segundo o diretor da UTI, a paciente deverá receber alta amanhã e voltará para casa onde permanecerá em observação.

Essa é uma excelente notícia, que certamente deixará a população de Parauapebas e do Sudeste paraense muito mais esperançosa em relação à batalha que estamos travando contra o novo coronavírus. Ela mostra que o prefeito Darci Lermen e o secretário de saúde, Gilberto Laranjeiras, estão tratando essa pandemia com a preocupação que ela merece. Não é só uma “gripezinha”, como insistem em afirmar alguns, o caso merece ser tratado com a seriedade com que ao poder público local está se propondo.

Parabéns à toda a equipe da Semsa pela forma caprichosa, profissional e competente que vem tratando essa pandemia.

Boletim da Semsa sobre o novo Coronavírus

Nesta sexta-feira, 10, Parauapebas confirma mais 5 casos de Covid – 19.

Homem, 48 anos, iniciou com febre, dor no corpo, calafrios no dia 28 de março. Procurou atendimento na rede particular no dia 6 de abril e está internado na UTI. Respira com ajuda de aparelhos. Tem obesidade como comorbidade. Sem histórico de viagem. Familiares negam contato prévio com caso confirmado ou suspeito.

Homem, 31 anos, sem comorbidades, foi fumante por 13 anos (parou há 3 anos). Iniciou os sintomas em 20 de março. Deu entrada na UPA no dia 30 de março. Teve contato prévio com caso suspeito. Encontra-se estável, em isolamento domiciliar. Nega histórico de viagem recente.

Mulher, 45 anos, sem comorbidades. Apresentou sintomas no dia 1º de abril. Procurou atendimento na rede particular de saúde no dia 3 de abril, e no dia 5 de abril ficou internada e realizou a coleta para o exame. Está em isolamento domiciliar. Confirma que teve contato com o esposo.

Homem de 36 anos, apresentou os sintomas no dia 23 de março. Procurou atendimento na rede particular em 31 de março, quando iniciou o isolamento domiciliar. Retornou para o hospital no dia 04 de abril com agravamento dos sintomas e foi encaminhado para UTI, com auxílio de ventilação mecânica para respirar. Hoje, 10, recebeu alta da UTI.

Homem, 37 anos, com início dos sintomas em 29 de março. Procurou atendimento na rede particular com agravamento dos sintomas no dia 5 de abril. Encontra-se na UTI particular, respirando sob auxílio de ventilação mecânica. Sem histórico de viagem.

Parauapebas já conta com 96 notificações. Destas, 78 foram descartadas; 09 estão sob investigação; e 09 foram confirmadas (01 foi liberado da quarentena pela equipe médica e um faleceu hoje no Hospital Santa Terezinha)