Xinguara: Buscas por corpos de vereador e de amigo dele entram pelo sexto dia

Os dois homens estão desaparecidos nas águas do Rio Araguaia, desde o último sábado (4), após a voadeira em que estavam ter naufragado
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
As buscas estão sendo realizadas no local do acidente e em ilhas ao longo do Rio Araguaia

Continua depois da publicidade

Nesta quinta-feira (9), entraram pelo sexto dia as buscas pelo corpo do vereador Maurisan Alves de Araújo, de 51 anos, e do amigo dele, Jorge Rui de Souza Alves, o “Jorginho”, de 42 anos. Eles estão desaparecidos desde o último sábado (4), após a voadeira em que estavam naufragar no Rio Araguaia, na localidade do Distrito de São José, em Xinguara, no sudeste do Pará. Ontem, quarta-feira (8), as buscas se concentraram no local do acidente e em outras ilhas ao longo do rio.

Hoje, as equipes que participam das buscas iriam ampliar o raio de ação, na tentativa de encontrar os corpos das vítimas.  A operação envolve equipes do Corpo de Bombeiros de Redenção, mergulhadores de Resgate do Corpo de Bombeiros de Belém, Capitania dos Portos, Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Pará (Graesp), que auxilia com uma aeronave, e voluntários da comunidade da Vila São José e de outros municípios vizinhos, que se uniram para tentar localizar Maurisan e “Jorginho”.

Na embarcação que virou no Rio Araguaia estavam nove pessoas. Cinco conseguiram ser resgatadas com vida, mas a esposa do vereador, Simone Amparo Paes da Silva Ribeiro, 39 anos, o filho dele, de cinco anos, morreram afogados. Os corpos deles foram localizados e resgatados ainda no fim de semana.

Maurisan Alves, que é vereador da Câmara Municipal de Xinguara, estava voltando de uma comemoração com familiares e amigos quando começou ventar forte, formando banzeiros no rio, que acabaram virando a embarcação, que é de pequeno porte.

Tina DeBord

Deixe seu comentário

Posts relacionados