Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Vivendo de mentiras, casal vai preso e dá até nomes falsos à polícia

"Maiara e Rafael" aplicaram golpe do aluguel, roubaram motocicleta com ligação direta e quiseram enganar até a PM
Continua depois da publicidade

O provérbio popular que diz “mentira tem perna curta” colocou algemas em Maiara Lima Ferreira e Rafael Dias Cardoso. Ops! Perdão, leitor, porque até os nomes que eles deram para a guarnição da Polícia Militar que os prendeu eram falsos.

O casal de pombinhos foi preso em Canaã dos Carajás por volta de 9 horas da manhã desta quinta-feira (19), mas o rastro de crimes tem digitais em Parauapebas, onde os dois aplicaram o golpe do aluguel e roubaram uma motocicleta BIS e fizeram ligação direta para fugir, como se fossem Bonnie e Clyde, um casal de assaltantes que virou lenda nos Estados Unidos.

“Maiara e Rafael” foram autuados sem qualquer documento de identificação e têm dificultado o trabalho das autoridades apresentando diversos nomes falsos.

A dupla havia alugado uma casa na “Capital do Minério”. Para o proprietário do imóvel, eles informaram que fariam a transferência do valor referente ao aluguel em sua conta bancária. Passaram-se dois dias e a transação nunca foi realizada.

Sem ter como pagar a dívida, o homem e a mulher decidiram fugir durante a madrugada. Para isso, os dois ainda roubaram uma motocicleta Honda Biz do dono da casa e o deixaram com dois prejuízos. Mas ao se aproximar da entrada da “Terra Prometida”, o casal do crime perdeu o controle do veículo e se envolveu em um acidente de trânsito às proximidades do Parque de Exposição Florentino Guirelle. Ao socorrer os dois, os moradores da redondeza notaram que a motocicleta em que eles viajavam apresentava fios expostos, um sinal claro de ligação direta. Diante da suspeita, uma guarnição da PM foi acionada e prendeu os mentirosos e ladrões.

Veja também:  Agrediu a esposa, fugiu da polícia, mas foi preso no segundo espancamento

“Eles saíram sem pagar e ainda por cima, furtaram a motocicleta do proprietário da casa. Para levar o veículo, o casal fez ligação direta e fugiu para Canaã. Depois que fomos acionados pelos moradores, chegamos ao local e após uma breve investigação constatamos que a moto tinha um registro de roubo no município de Parauapebas”, informou o Cabo F. Castro, do 17º Pelotão da Polícia Militar de Canaã.

Em razão do acidente, a motocicleta ficou parcialmente destruída. Na delegacia, “Maiara e Rafael” não pareciam muito preocupados com a prisão. A dupla criminosa vai responder pelos crimes de estelionato e furto, mas antes, a polícia trabalha na tentativa de identificá-los. O casal recebeu atendimento médico e foi reconhecido pela vítima e permanece à disposição da justiça.

Deixe uma resposta