Vereadores de Canaã aprovam reajuste de R$ 110 do auxílio alimentação de servidores municipais

O funcionário receberá benefício mensal de R$ 660. Um custo de mais de R$ 459 mil aos cofres públicos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Foi aprovado, pela maioria dos vereadores de Canaã dos Carajás, o reajuste de R$ 110 do auxílio alimentação de 4.178 servidores municipais. O projeto de lei sobre o reajuste e a reposição das perdas inflacionárias, enviada pelo poder executivo, foi votado, na manhã desta terça-feira, 07, durante sessão extraordinária da Câmara Municipal.

Apenas o vereador Junior Garra (PDT) votou contra. Antes da aprovação, o pedido do vereador para adiar a votação, foi colocado em discussão e votado. Todos os vereadores votaram contra o adiamento. Garra justificou que não é contra o reajuste do auxílio alimentação, decorrente das perdas inflacionárias, mas que diante da pandemia do coronavírus, o dinheiro deveria ser usado na compra de cestas básicas para a população afetada pela crise. “Não sou contra a reposição das perdas inflacionárias para os 4.178 servidores. Mas esse não é o momento para aprovar o reajuste”. E completou que “com esse dinheiro daria para comprar 8 mil cestas básicas, por mês, para ajudar a população em situação de vulnerabilidade”.

Atualmente, o servidor municipal recebe R$ 550 de auxílio-alimentação. Com o reajuste de R$ 110, o município vai arcar com mais de R$ 459 mil (R$ 459.580,00) por mês.

Publicidade