Traficante blefa, mas não escapa da prisão em flagrante pela PM

Denunciado anonimamente, ele disse que nada tinha em casa e até autorizou a PM a revistar o imóvel. Não deu outra: os policiais encontraram mais de 200 gramas de cocaína
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Por meio de denúncia anônima, a Polícia Militar prendeu, por volta das 6h da manhã desta quarta-feira (12), Pablo Souza Silva, 29 anos. A captura se deu no endereço dele, na Rua Afonso Arinos, Bairro da Paz. O rapaz foi flagrado com 213 gramas de cocaína e recebeu voz de prisão, sendo conduzido para a 23ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde foi entregue ao delegado José Euclides Aquino para os procedimentos legais.

A prisão foi realizada pela guarnição do sargento Vicente, que destacou o papel da sociedade ao colaborar no combate ao crime, em Parauapebas: “Com a denúncia anônima, a população tem ajudado muito a polícia”, disse ele.

O policial militar contou que, ao chegar ao endereço, conversou com Pablo a respeito da denúncia e o rapaz respondeu que nada tinha com entorpecentes e, num blefe que não deu certo, até autorizou os PMs a entrarem na casa e a revistarem o imóvel.

A estratégia falhou quando os policiais encontraram um pacote com 213 gramas de cocaína pura. Diante da evidência, Pablo Souza Silva confessou ser o dono do pó e disse ter comprado de “um tal de Ferramenta”, afirmando nada saber sobre o vendedor. “Eles, como sempre, mentem”, destacou o sargento. Pablo, segundo as denúncias anônimas, vinha atuando no Bairro da Paz com a comercialização de entorpecentes.

“A polícia tem trabalhado arduamente para combater o crime de tráfico de drogas em Parauapebas e temos obtido êxito, principalmente porque a população perdeu o medo de denunciar. O que tem cada vez mais nos levados a tirar de circulação os traficantes que atuam na cidade”, destacou o sargento Vicente.

(Caetano Silva)

Publicidade