Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
jacundá

Trabalhador rural morre vítima de latrocínio em Jacundá

Mundo cão: Laudeir estava feliz porque havia acabado de pagar a última prestação da moto. Mas não por muito tempo, bandidos lhe roubaram o veículo e a vida

Ontem, segunda-feira (12), por volta de 16h, foi encontrado, agonizando, o trabalhador rural Laudeir de Jesus Castro, estudante do EJA da Escola Teotônio Apinagés. O jovem tinha 25 anos de idade, era trabalhador rural e ajudante de pedreiro. A morte está sendo investigada pela Delegacia de Goianésia do Pará. Selma Tibúrcio, prima da vítima, e também o irmão Valceir Castro, relataram que Laudeir, conhecido por Talton, estava a caminho da propriedade rural de seu pai, Carlos Barbosa de Castro, que fica na região Cinco Irmãos. “Ele saiu de Jacundá depois que pagou a última prestação da moto e disse que iria dormir na casa de pai”, afirmou o irmão.

Laudeir foi encontrado por moradores a cerca de 3 quilômetros da propriedade rural da família, às margens da estrada rural da Cinco Irmãos. Ferido gravemente na cabeça e com duas perfurações, provavelmente produzidas por arma de fogo, ele foi socorrido por moradores e conduzido ao Hospital Municipal de Jacundá, de onde acabou transferido para o Hospital Regional de Tucuruí, mas morreu na ambulância. O corpo foi encaminhado ao IML de Marabá para necropsia.

Veja também:  Em Tucuruí, Polícia Civil apreende drogas e prende traficantes

Denis Castro, também primo da vítima, detalhou que a moto modelo Pop foi roubada pelos algozes. “Ele havia quitado a moto ontem, não devia mais nada. E estava muito feliz pela conquista”. Na cena do crime os moradores contaram que havia marca de luta corporal e dois capacetes estavam no local, um deles era da vítima, e o segundo suspeita-se que seja do latrocida.

Nota da Semed (Secretaria Municipal de Educação de Jacundá) comunica, com muito pesar, o falecimento do aluno Laudeir de Jesus Castro, estudante da E.M.E.F. Teotônio Apinagés.

Em nome de todos os profissionais da educação, a Semed deseja condolências aos familiares e amigos. O corpo será velado na Rua Santa Rosa esquina com Rua Amazonas.

Por Antônio Barroso – De Jacundá
(Foto/ Álbum de família)

Deixe uma resposta