Tião Miranda quer, na justiça, calar a imprensa marabaense

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Lá se vão longos anos do fatídico período quando prevaleceu a ditadura no Brasil.

Naquele tempo, jornalista não podia emitir opinião contrária ao governo e tampouco expressá-la, sob a pena ter ter seu veículo de comunicação fechado ou ser “sumido” pelos algozes dos que se atreviam em contrariar os que usavam farda.

Mas creio que esse tempo está voltando. Senão o do “sumiço” de jornalistas, o de silenciá-los!

O blogueiro Hiroshi Bogéa, um dos pioneiros da Blogosfera no sul e sudeste do Pará, recebeu hoje intimação para responder ação movida pelo candidato Tião Miranda, o candidato do Jatene em Marabá, por ter repercutido de sindicalista  Wendel Lima Bezerra, do Sintepp, onde o mesmo afirma que, na opinião dele, “trabalhador da educação não deveria votar no Tião”.

Pela publicação, Hiroshi Bogéa terá 24 horas para se defender sob a pena de ver seu Blog ser retirado do ar. Só porque repercutiu opinião de um sindicalista contrário à candidatura Tião Miranda.

Não seria mais fácil, bonito, honesto e democrático Tião Miranda ter usado o espaço sempre disponibilizado pelo amigo HB para apresentar o contraditório e rechaçar os argumentos do sindicalista?

É lamentável que isso ainda aconteça em pleno século XXI e justamente quando a democracia começa a prevalecer nos mais longínquos rincões do mundo! Saiba, Hiroshi, que a justiça vai ter que tirar muito Blog do ar, pois, a nós, resta a solidariedade.

Confira aqui o post sobre o assunto.

Publicidade