Tá tudo escuro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

É caso de polícia, e não mais apenas matéria para o Procon, as constantes faltas de energia elétrica em Parauapebas. Parece que a população deve se acostumar e conviver com esse terrível problema pois o descaso com que a REDE CELPA trata a imprensa quando cobrada pela ineficiência no fornecimento de energia elétrica é muito pior do que a própria falta de energia.

Concomitantemente à falta de energia, motivada pela inércia da Rede Celpa, a autarquia que fornece a água no município, joga a culpa na falta de energia elétrica pelas constantes interrupções no fornecimento também de água. As operadoras de telefonia celular e provedores de internet, alegam ser também a falta de energia a culpada pelos precários serviços em nosso município.

Algumas atitudes precisam ser tomadas pelas autoridades constituídas de Parauapebas – Só no mês passado, deixaram de ser realizadas mais de 30 audiências no Fórum local, motivadas pela falta de energia – inúmeras também não aconteceram no Fórum Trabalhista – Os bancos operam precariamente e o calor dentro daqueles estabelecimentos  é insuportável – Dentistas deixaram de atender seus pacientes – exames laboratoriais não puderam ser realizados – o pão nosso de cada dia, quantas vezes atrasou à mesa em virtude da falta de energia – ficamos diversas vezes sem poder ver TV, única diversão para muitos moradores.

Tudo isso mostra a importância que é o fornecimento de energia elétrica, essencial nos dias de hoje para que as coisas andem nos eixos. A população de Parauapebas já não aguenta mais tanto descaso por parte da CELPA. É preciso que se tome uma atitude. Ontem tivemos 3 interrupções no fornecimento de energia. Alguém sabe explicar os motivos? Algum órgão cobrou juridicamente e oficialmente a REDE CELPA? Será que o povo sofrido do município de Parauapebas terá que fazer o papel de fiscalizar e cobrar o correto fornecimento de energia elétrica.

Está havendo racionamento em Parauapebas? Creio que não. Se de fato houvesse racionamento  não seria inteligente desligar a energia dos postes nos loteamentos da entrada da cidade onde não existe ainda nenhum morador e que certamente consomem energia por diversas residências?

E não falamos aqui dos valores cobrados pela empresa por esses péssimos serviços prestados.

1 comentário em “Tá tudo escuro

  1. Leo Responder

    Essa constante falta de energia em nosso município é o cúmulo do absurdo. Em minha casa queimaram três eletrodomésticos: 01 freezer, 01 geladeira e 01 microondas. O freezer, utilizávamos para armazenar carne, e agora temos que organizar tudo no pequeno congelador de outra geladeira que “sobreviveu” a queda de energia. O microondas, zerado, que comprei para substituir um outro que também havia queimado em outras quedas de energia, estou pagando sem utilizar. É brincadeira. No meu serviço queimou o bebedouro. Até que tem um outro bebedouro do lado de fora, só que a água de lá não é mineral, é da rede de distribuição, e essa não dá pra encarar, pq o gosto de barro tá f……..
    Ô povinho Parauapebense que sofre minha gente.

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: