Suplente de vereador executado com aproximadamente 15 tiros em Parauapebas

Andrade foi executado no banheiro de um balneário por dois homens que o espreitavam minutos antes
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Morreu executado com pelo menos 15 tiros de pistola calibre 380 o suplente de vereador pelo MDB, Avelino Andrade Costa, 49 anos. Ele estava se divertindo com amigos no Balneário Zé da Praça, na Vila Palmares II, quando dois indivíduos o eliminaram no banheiro do estabelecimento. Andrade, como era mais conhecido, tinha bom relacionamento com as polícias Civil e Militar e, inclusive, colaborava com algumas investigações. E isso pode ter sido a causa do assassinato. O crime aconteceu por volta das 18h deste domingo (26).

Conforme apurou o tenente Freitas, da Polícia Militar, os dois homens que mataram Andrade estavam no bar à espreita do melhor momento para assassinar o homem. Assim que ele se levantou, a dupla de executores o seguiu e, sem trocar palavra, atirou contra ele. Ambos portavam pistolas e o atingiram na cabeça, tórax, braços e pernas.

Em seguida se retiraram em um automóvel prata, cuja marca e modelo algumas testemunhas dizer ser um VW Gol enquanto outras afirma ser um Chevrolet Ônix, tomando o rumo de Parauapebas.

Avelino Andrade Costa era cearense de Iguatu, mas vivia em Parauapebas havia muitos anos, sendo muito conhecido na cidade. Nas eleições municipais de 2016, concorreu a um mandato de vereador, pelo PMDB (hoje MDB), mas, com 895 votos, ficou como primeiro suplente do vereador Rafael Ribeiro Oliveira.

A Polícia Civil já está no local do crime ouvindo testemunhas e colhendo informações que possam levar aos pistoleiros que ataram Andrade.

Deixe seu comentário

Posts relacionados