Notícias

Secretaria de Saúde do Pará divulga balanço epidemiológico da dengue de 2012

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou, nesta quarta-feira (26), novo informe epidemiológico sobre a situação da dengue no ano de 2012 no Pará.  Até o momento foram …

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou, nesta quarta-feira (26), novo informe epidemiológico sobre a situação da dengue no ano de 2012 no Pará.  Até o momento foram notificados 26.322 casos suspeitos de dengue, dos quais 12.574 ocorrências confirmadas com a seguinte classificação final: 12.476 de dengue clássica, 66 de dengue com complicação, 27 de febre hemorrágica da dengue e cinco casos de síndrome do choque da dengue.

Os municípios mais notificados são: Belém (4.091), Parauapebas (2.280), Marabá (1.445), Santarém (1.531), Altamira (1.376), Ananindeua (1.035),  Monte Alegre (657) e Castanhal (504). Em relação aos confirmados, os municípios com mais casos são: Belém (1.890), Parauapebas (1.319), Altamira (906), Monte Alegre (555), Santarém (478), Ananindeua (356), Marabá (348) e Castanhal (278). Até agora, o Pará registrou quatro óbitos por dengue, cada um em Parauapebas, Altamira, Ananindeua e Belém.

Em 2011, neste mesmo período, o Estado registrou 15.233 casos de dengue, dos quais foram confirmados 20 óbitos. Segundo a coordenadora estadual do Programa de Controle de Dengue, o número de mortes teve uma redução significativa em 2012. Ela ressaltou que as ações de combate à dengue têm ajudado neste processo, pois ao longo do ano, equipes da Sespa trabalharam em conjunto com os municípios para manter a doença sob controle.

As principais ações desenvolvidas são bloqueio imediato da transmissão nas localidades ou bairros que notificam casos; atividades de educação e comunicação, visando à sensibilização da população para o problema; articulação com órgãos municipais de saneamento e limpeza urbana para melhoria da coleta e destinação adequada do lixo; e manutenção das atividades de rotina no combate ao vetor.

Aline Carneiro lembrou que com a chegada do período de chuvas o risco de dengue aumenta, por isso já se articula um conjunto de estratégias para o combate à doença em todos os municípios. A coordenadora ressaltou ainda que a população precisa ficar alerta sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito da dengue.

Para informações sobre dengue, basta entrar em contato com as secretarias municipais de Saúde de Ananindeua: (91) 3073-2220; Marabá: (94) 3324-4904; Santarém: (94) 3524-3555; e Tucuruí: (94) 3778-8378.

Deixe seu comentário