Secretaria de Saúde do Pará divulga balanço epidemiológico da dengue de 2012

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou, nesta quarta-feira (26), novo informe epidemiológico sobre a situação da dengue no ano de 2012 no Pará.  Até o momento foram notificados 26.322 casos suspeitos de dengue, dos quais 12.574 ocorrências confirmadas com a seguinte classificação final: 12.476 de dengue clássica, 66 de dengue com complicação, 27 de febre hemorrágica da dengue e cinco casos de síndrome do choque da dengue.

Os municípios mais notificados são: Belém (4.091), Parauapebas (2.280), Marabá (1.445), Santarém (1.531), Altamira (1.376), Ananindeua (1.035),  Monte Alegre (657) e Castanhal (504). Em relação aos confirmados, os municípios com mais casos são: Belém (1.890), Parauapebas (1.319), Altamira (906), Monte Alegre (555), Santarém (478), Ananindeua (356), Marabá (348) e Castanhal (278). Até agora, o Pará registrou quatro óbitos por dengue, cada um em Parauapebas, Altamira, Ananindeua e Belém.

Em 2011, neste mesmo período, o Estado registrou 15.233 casos de dengue, dos quais foram confirmados 20 óbitos. Segundo a coordenadora estadual do Programa de Controle de Dengue, o número de mortes teve uma redução significativa em 2012. Ela ressaltou que as ações de combate à dengue têm ajudado neste processo, pois ao longo do ano, equipes da Sespa trabalharam em conjunto com os municípios para manter a doença sob controle.

As principais ações desenvolvidas são bloqueio imediato da transmissão nas localidades ou bairros que notificam casos; atividades de educação e comunicação, visando à sensibilização da população para o problema; articulação com órgãos municipais de saneamento e limpeza urbana para melhoria da coleta e destinação adequada do lixo; e manutenção das atividades de rotina no combate ao vetor.

Aline Carneiro lembrou que com a chegada do período de chuvas o risco de dengue aumenta, por isso já se articula um conjunto de estratégias para o combate à doença em todos os municípios. A coordenadora ressaltou ainda que a população precisa ficar alerta sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito da dengue.

Para informações sobre dengue, basta entrar em contato com as secretarias municipais de Saúde de Ananindeua: (91) 3073-2220; Marabá: (94) 3324-4904; Santarém: (94) 3524-3555; e Tucuruí: (94) 3778-8378.

Publicidade

Relacionados