Sebrae inaugura hoje nova sede em Parauapebas

Instituição atende uma média de 500 micro e pequenos empreendedores ao mês e agora vai apresentar um novo conceito de relacionamento com o cliente da região.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) irá inaugurar hoje, às 19 horas, a sua nova sede em Parauapebas, na rua E, no bairro Cidade Nova. E assegura que não será a inauguração de um simples prédio, mas também de um novo conceito de relacionamento com a classe empresarial.

Por mês, o Sebrae realiza uma média de 500 atendimentos a empreendedores de quatro municípios da região: Canaã dos Carajás, Eldorado dos Carajás, Curionópolis, além de Parauapebas. São pessoas que buscam orientação técnica para abrir ou alavancar um empreendimento ou que vão ali para receber curso de capacitação nos mais diversos segmentos, como artesanato, varejo, saúde e alimentação.

Em 2019, o Sebrae atendeu 2.764 micro e pequenos empresários da região, aí incluídos os Microempreendedores Individuais (MEIs). Foram 4.840 orientações técnicas,  1.500 horas de consultorias, 48 palestras, 27 oficinas e 11 seminários.

A inauguração da nova sede contará com a presença dos diretores do Sebrae no Pará, Fabrizio Guaglianone (técnico) e Cássia Costa (administrativa e financeira), e de representantes da classe empresarial, do poder público e de entidades de classe, entre outros convidados.

Com 540 metros quadrados de área, a nova agência é ampla e moderna. “O principal objetivo é criar um ambiente ainda mais agradável e profissional para os empreendedores, com espaços de atendimento, consultorias, salas de aula e coworking, com acesso à internet gratuito para os empreendedores em programações rápidas, como pequenas reuniões”, explica o gerente do Sebrae na região Raimundo Oliveira.

Oito anos de agência

A atuação do Sebrae na região ocorre desde os anos de 1980. Como agência, existe desde 2011. Atualmente, entre os destaques está o atendimento nas cadeias produtivas de apicultura, cacauicultura e mandiocultura, resultado de uma parceria com a empresa Vale, e a atuação com uma rede de parceiros nos municípios, composta por prefeituras e associações comerciais, Câmaras de Dirigentes Lojistas e instituições privadas da sociedade civil.

Publicidade