Sapateiro mata morador de rua com certeira facada no peito em Parauapebas

Depois de esfaquear o andarilho, o homem voltou tranquilamente ao seu local de trabalho e continuou consertando sapatos, até a chegada da PM
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O sapateiro Antônio Roseno Ribeiro, 70 anos de idade, natural de Pedreiras (MA), encontra-se à disposição da Justiça na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas. Ele foi ser preso em flagrante, pela Polícia Militar, acusado de matar, com um golpe de faca no peito, o andarilho e morador de rua conhecido como Correria. O crime aconteceu por volta das 16h de ontem, terça-feira (27), na Rua Ayrton Senna, Centro. A vítima, segundo testemunhas, era dependente químico e teria tentado roubar o sapateiro.

Correria, contam vizinhos ao local do crime, frequentemente passava pela rua dirigindo gracejos às mulheres e até exibindo a genitália. Ele também tinha o hábito de pedir comida aos moradores, mas, no caso do sapateiro, este sempre lhe negava.

Ontem, porém ele tentou furtar algo de Antônio Ribeiro, que o expulsou de seu local de trabalho. O morador de rua, entretanto, insistiu e retornou para importunar o sapateiro que, furioso, desferiu uma única facada no peito de Correria. O andarilho caiu se esvaindo em sangue e morreu ali mesmo segundos depois.

Após matar o morador de rua, o sapateiro voltou ao seu trabalho, tranquilamente, e continuou consertando sapatos. Avisada, a Polícia Militar esteve no local e prendeu Antônio. Tanto quando abordado pela PM quanto na Delegacia de Polícia Civil, o sapateiro confessou, sem mostrar sinais de remorso, que assassinou o andarilho.

(Caetano Silva)

Publicidade