São Félix do Xingu: Semas realiza Curso de Monitoramento de Focos de Queimadas no município

O curso faz parte do Programa Territórios Sustentáveis e foi realizado com gestores municipais, técnicos e produtores rurais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Curso de combate às queimadas é realizado dentro das programações do TS

Continua depois da publicidade

Dentro da Programação das ações do Programa Territórios Sustentáveis (TS), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) realizou, nesta segunda-feira (23), o Curso de Monitoramento de Focos de Queimadas no município de São Félix do Xingu, no sul do Pará. O objetivo é capacitar os grupos técnicos, os produtores rurais e as gestões municipais da área de influência da Rodovia PA-279, para que consigam monitorar os focos de calor e evitar incêndios de grandes proporções nas áreas de produção.

O curso, que foi realizado no auditório da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São Félix do Xingu (Semma), foi direcionado a técnicos das secretarias municipais de Agricultura (Semagri) e de Urbanismo e membros da Defesa Civil, assim como agricultores atendidos pelo programa. Segundo a Semas, o curso é mais um avanço do Programa Territórios Sustentáveis, um dos quatro principais eixos de ação do Plano Amazônia Agora, a estratégia estadual de transição para a economia de baixas emissões destinadas às áreas pressionadas pelo desmatamento.

“O programa visa à conservação do capital natural, à promoção do desenvolvimento socioeconômico em bases sustentáveis, a partir do aumento da eficiência na produção pecuária e agroflorestal, e à recuperação de áreas alteradas e degradadas. Nessa nova fase, a Semas busca fortalecer as equipes. Além disso, estamos trabalhando para fazer capacitação com os servidores municipais e produtores, no trabalho de controle e combate a queimadas”, explicou o secretário adjunto de Gestão de Recursos Hídricos e Clima da Semas, Raul Protázio.

Para o secretário de Meio Ambiente de São Félix, Sérgio Benez, o curso de combate às queimadas dentro do Programa Territórios Sustentáveis é importante, porque é uma problemática que afeta a região, principalmente nessa época do ano. “A gente recebe muita motivação. Como sempre, a equipe da Semas estadual sempre vem para somar esforços junto aos nossos produtores e a nossa população em relação ao combate ao desmatamento e queimadas, além de promover ações para preservar as questões ambientais. Essa é uma nova fase e já percebemos um amadurecimento no sentido de trabalhar no Programa Territórios Sustentáveis. A gente vai trabalhar forte, para que consigamos alcançar todos os resultados esperados dentro do TS”, afirmou o secretário.

De acordo com Gleison Chagas, meteorologista da Semas, diariamente a Secretaria oferece boletins de focos de calor e, a cada mês, às secretarias recebem o cronograma de acompanhamento de mudanças climáticas, para que seja possível identificar os riscos de fogo nas regiões. “A importância desse curso está justamente nas diversas informações e orientações para os técnicos desses municípios. O nosso objetivo é instruí-los quanto ao uso de ferramentas e materiais que a Semas disponibiliza, para que eles possam visualizar e combater essas queimadas, além de fazer com que consigam o seu próprio banco de dados para análises diárias com relação a esses focos”, explicou Gleison Chagas.

Tina DeBord – com informações da Semas

Foto: Bruno Cecim/ Ag.Pará