RUBÉOLA

Continua depois da publicidade

Desde o início da Campanha Nacional de Vacinação para Eliminação da Rubéola, no dia 09 de agosto, menos da metade dos paraenses se imunizou contra a doença. Para sensibilizar a população do estado a procurar os postos de vacinação, a Secretaria de Estado de Saúde (Sespa) fará, no próximo sábado (30), o Dia D contra a Rubéola. Com isso, a Sespa pretende aumentar o número de postos de atendimento nos 143 municípios.
No Pará, a meta é vacinar 2,4 milhões de homens e mulheres na faixa etária de 20 a 39 anos contra a doença, até o último dia da campanha, 12 de setembro.
Entre 2005 e 2007, houve 54 casos de rubéolas confirmados no Estado. Causada pelo vírus do gênero Rubivirus da família Togaviridae, a rubéola é uma doença infecto-contagiosa e os principais sintomas são febre baixa, manchas na pele, dor de cabeça e nas articulações, gânglios aumentados no pescoço e atrás da orelha, entre outros. A transmissão acontece de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, espirrar, falar ou respirar.