Rondon do Pará monta centro de atendimento para síndrome gripal

A medida visa desafogar as unidade de saúde e diagnosticar de forma precoce os casos do novo coronavírus e mapear a real situação do vírus no município
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Começou a funcionar ontem (20) em Rondon do Pará, no sudeste do Pará, uma Unidade de Referência em Síndrome Gripal, que vai realizar atendimento diário de pessoas que apresentarem sintomas de infecção respiratória. A medida visa reduzir o atendimento nas demais unidades de saúde e também deixar mais segura a população que busca atendimento para outros problemas médicos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, essa estratégia, além de deixar a população mais segura na hora de ir a um centro médico por conta da pandemia, também objetiva frear a disseminação do novo coronavírus em Rondon do Pará. Como vai atender exclusivamente síndromes respiratórias, poderá fazer um mapa com mais exatidão da contaminação pelo vírus no município.  

O centro, montado na Unidade de Saúde Bela Vista, contará com uma equipe de profissionais capacitados em diagnóstico de síndrome respiratória. Após a avaliação médica e se houver a necessidade do tratamento medicamentoso, o paciente recebe  um  kit com o medicamento indicado.

Se a pessoa apresenta os sintomas do novo coronavírus, é  encaminhada para fazer o teste da doença e, se houver necessidade internação, será referenciada para o Hospital  Municipal.  O município de Rondo do Pará, segundo o seu Boletim Epidemiológico divulgado no final da tarde de ontem, tem 25 casos positivos de Covid-19, com 17 pessoas recuperadas e cinco óbitos.

(Tina Santos)

Publicidade

Posts relacionados