Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Curionópolis

‘Rei do Camarote’ vai gastar R$ 175 mil com show da virada em Curionópolis

O dinheiro é público. Ao longo de 2018, prefeito Adonei torrou quase R$ 1.700.000 com shows. Enquanto isso, 13 mil cidadãos estão abaixo da linha da pobreza e prefeitura tem rombo de R$ 3.656.500.

Ao que parece, o ano foi só de alegria para o prefeito Adonei Aguiar, que comanda o município de Curionópolis, cuja prefeitura tem enriquecido de maneira galopante. Inexplicavelmente, no entanto, o gestor está deixando um rombo milionário nas contas entre janeiro e outubro deste ano, conforme informações declaradas pelo próprio governo local à Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

As aparências enganam e, para muito além da realidade festiva e de shows que seu prefeito promove com dinheiro público, Curionópolis amarga a pobreza. Lá, cerca de 13 mil pessoas (ou 71% da população) sobrevivem com menos de meio salário mínimo por mês e não têm o que comemorar. Estão abaixo da linha da pobreza. Os dados estão disponíveis para consulta no portal do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e são atualizado mensalmente com base no Cadastro Único, do Governo Federal.

Considerado por populares o “Rei do Camarote”, por se fazer presente a todos os momentos “vips” dos shows que contrata com dinheiro público, Adonei acumula R$ 1.691.100 de “investimentos” em “pão e circo” este ano e, para encerrar 2018 com “chave de ouro” na eterna terra do garimpo, vai desembolsar R$ 174,6 mil com o réveillon, conforme processo de inexigibilidade de licitação disponível no Portal da Transparência da Prefeitura de Curionópolis e que você pode consultar aqui. O dinheiro para custeio do evento sai dos cofres da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que também comanda ações de turismo e cultura.

Farra dos shows

Este ano, o prefeito Adonei torrou quase R$ 1,7 milhão com shows e afins para comemorar não se sabe o quê com a população, uma vez que essa mesma população está, em sua maioria, vivendo em condições de penúria, grande parte, inclusive, sobrevivendo de programas constitucionais, como o Bolsa Família.

O Blog do Zé Dudu percorreu o corredor da folia com dinheiro público em Curionópolis, que teve início em fevereiro. Naquele mês, entre os dias 10 e 13 de carnaval, a prefeitura gastou R$ 194,5 mil para alegrar os foliões da cidade Veja aqui. E teve, ainda, R$ 40 mil gastos no carnaval do distrito de Serra Pelada veja aqui.

Em maio, mês de aniversário do município, foram gastos: R$ 22,5 mil com contratação de shows para comemorar a “Festa do Cajá” (veja aqui); R$ 115 mil com shows de artistas locais no distrito de Serra Pelada (veja aqui); R$ 176,6 mil com show da dupla Cleber e Cauan (veja aqui); R$ 250 mil com show da banda Aviões do Forró (veja aqui); R$ 80 mil com show da cantora Gabriela Rocha (veja aqui); e R$ 85 mil com show da banda Rosa de Saron (veja aqui). Só no mês de aniversário de Curionópolis, R$ 729,15 mil foram desembolsados para animar a população com eventos “0800”.

Em junho, tome festa: para pular a fogueira de São João, o “Rei do Camarote” gastou R$ 65 mil para eventos nos dias 22, 23, 29 e 30 daquele mês (veja aqui). Em julho, uma cavalgada realizada no dia 14, em Serra Pelada, arrebatou do caixa da prefeitura R$ 45 mil (veja aqui).

E não para por aí. No final de setembro, Adonei investiu R$ 215,5 mil em shows nas três noites do 1º Rodeio de Curionópolis. Foi festa a rodo nos dias 27, 28 e 29, confirmando que o prefeito é, sem dúvidas, bastante animado para gastar dinheiro público (veja aqui). Detalhe: a organização do rodeio saiu por R$ 174,2 mil (veja aqui), enquanto a filmagem do evento, para ficar de recordação do prefeito, custou R$ 10,2 mil (veja aqui).

Muito preocupado com a segurança, aliás, o gestor contratou a preço de ouro, por R$ 9 mil, uma empresa para fazer a “segurança preventiva desarmada” da cavalgada ruralista, referente ao 1º Rodeio (veja aqui). Já tinha contratado uma segurança dessa, por R$ 9 mil, para os festejos juninos (veja aqui).

Além de toda essa gastança, Adonei ainda liquidou R$ 25 mil com show gospel de Mattos Nascimento, em comemoração ao Dia do Evangélico (veja aqui). E, por fim, liberou R$ 174,6 mil para o show da virada na pequeníssima cidade (veja aqui).

Deixe uma resposta