Reforma e ampliação de ponte do City Park, em Parauapebas, sai por R$ 2 milhões

Segundo prefeitura, estrutura de 86 metros sobre Rio Parauapebas encontra-se deteriorada e isolada porque oferece risco a quem passa por ela. F & F terá 6 meses para entregar o serviço.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Saiu na última terça-feira (10) o contrato da empresa ganhadora da licitação que vai recauchutar uma das pontes mais badaladas nos finais de semana de verão em Parauapebas, a do City Park Clube, sobre o rio que empresta nome à cidade. A construtora F & F ganhou o contrato da Prefeitura de Parauapebas por se lançar a fazer o serviço pelo valor de R$ 2.196.010,74, quase R$ 200 mil mais em conta que os R$ 2.283.819,28 previstos na programação orçamentária do governo municipal. As informações foram levantadas pelo Blog do Zé Dudu.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras (Semob), organizadora do certame, a ponte de 85,75 metros existente próxima ao City Park, que serve para interligar as zonas urbana e rural, encontra-se deteriorada e isolada porque oferece riscos a usuários. A F & F terá seis meses para entregar a obra pronta, que deve gerar 50 postos de trabalho para engenheiros civil e mecânico, mestre de obras, armadores, pedreiros, ajudantes, vigias, entre outros.

A Semob alega que a obra se justifica por se tratar de importante opção de acesso à cidade de Parauapebas, e a revitalização vai garantir maior fluidez ao trânsito, melhorando a mobilidade urbana, área na qual o governo municipal tem investido pesado, inclusive ostentando o título de município que mais gera postos de trabalho com carteira assinada no país em decorrência de obras de infraestrutura financiadas pela administração local.

Um levantamento realizado pelo Blog do Zé Dudu aponta que, entre 2017 e 2020, o atual governo aplicou pelo menos R$ 16 milhões em pontes no município, dando manutenção, reformando, recuperando ou construindo essas obras de arte. Cerca de 2.000 metros de pontes foram trabalhados, distribuídos em:

  • Recuperação de 222 metros de pontes de madeira na zona rural
  • Recuperação de 400 metros de pontes de madeira na zona rural
  • Manutenção de duas pontes no perímetro urbano da PA-275
  • Construção de pontes pré-moldadas na zona rural
  • Construção de pontes pré-moldadas na zona urbana
  • Construção de ponte sobre o Igarapé Ilha do Coco, no Beira Rio (Avenida Presidente Kennedy)
  • Construção de ponte sobre o Igarapé Ilha do Coco, no Beira Rio (Rua Rio Dourado)
  • Construção de ponte sobre o Igarapé Ilha do Coco, na PA-160