Redenção: Homem ameaça a mulher, agride a sogra e é preso com pistola

Um homem virou o ‘cavalo do cão’ e acabou preso pela Polícia Militar, por violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo e dar tiros em via pública. O acusado ainda deu trabalho para a guarnição, ao fugir e resistir a prisão
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
A pistola apreendida com o acusado de violência doméstica (Foto: Polícia Militar)

Continua depois da publicidade

Um homem foi preso por equipes da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam) do 7° Batalhão da Polícia Militar, com sede em Redenção, na região sul do Pará, por violência doméstica e porte ilegal de arma de fogo. O acusado virou o “cavalo do cão”, ameaçou a mulher, bateu na sogra e depois efetuou vários disparos de arma de fogo a esmo.  

De acordo com a PM, os policiais realizavam rondas no Bairro Novo Horizonte quando ouviram diversos disparos de arma de fogo. Ao verificar a origem dos tiros, foram abordados por uma mulher que informou que seu marido havia lhe ameaçado com uma arma de fogo e agredido sua mãe com um tapa no rosto, além de ser o responsável pelos disparos ouvidos pelos agentes.

A vítima informou ainda que o suspeito fugiu a pé ao perceber a chegada dos militares. Foram iniciadas buscas ao homem, que foi localizado em uma via próxima.

Segundo a Polícia Militar, o acusado resistiu à abordagem, porém foi contido pelos agentes, que em sua posse encontraram uma pistola calibre 9mm. Ele foi preso e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Redenção, onde foi autuado por violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, disparo de arma de fogo em via pública, desobediência e resistência à prisão.

Tina DeBord