Quadrilha de traficantes presa pela Polícia Militar em Parauapebas

Eles estavam em um carro roubado com placa de Belém (PA). Um dos bandidos morreu ao receber a polícia a bala. Uma adolescente de 15 anos de idade fazia parte do grupo criminoso
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Uma quadrilha formada pelos indivíduos Olivaldo Souza da Costa Júnior,19 anos; Erinaldo da Silva Dinis, 28; Alafe Batista Rebelo, 25; Eduardo Soares de Oliveira, 25; e uma adolescente de 15 anos foi capturada por volta das 21h30 de ontem, sábado (30), por guarnições da Polícia Militar, Bairro São Lucas II, em Parauapebas. Um sexto integrante do bando, identificado apenas como Mateuszinho do CV, morreu em meio a troca de tiros com os policiais.

Em patrulhamento pela área da VS-10, uma das guarnições se deparou com um automóvel Ford Focus, preto, placas OTR-4556/Belém-PA, cujos ocupantes, de acordo com a PM, apresentavam comportamento suspeito. Imediatamente os policiais militares fizeram uma abordagem ao veículo.

Todos os passageiros foram orientados a saírem e ficarem atrás do carro. Com um deles, que em princípio se identificou com o nome falso de Felipe, foi encontrado um revólver calibre 38 com três munições. Com Erinaldo os PMs descobriam uma pistola calibre 380 com 10 munições. Antes, porém, ele tentou fugir, jogou a arma para baixo do veículo e correu para dentro da mata, onde foi perseguido e capturado.

Uma pesquisa feita rapidamente via aplicativo, mostrou que a placa do veículo estava adulterada e que o automóvel era roubado. Interrogado, Eduardo de Oliveira, o motorista do bando, levou a polícia até a casa em que a quadrilha usava como covil, que foi imediatamente cercada.

Ao entrarem no imóvel, uma adolescente informou que um dos membros da quadrilha, identificado como Mateuszinho do CV, armado de revólver calibre 38, fugiu para a casa vizinha, onde se trancou em um quarto.  Uma das guarnições entrou no imóvel indicado, pelo telhado, e tentou negociar a rendição do bandido. Sem sucesso, os militares resolveram arrombar a porta do compartimento em que Mateuszinho estava e foram, segundo eles, recebidos a bala, tendo respondido à altura. Ao revistar a casa a PM encontrou 1,5 quilo de maconha e uma balança de precisão. De acordo com o delegado de Polícia Civil Dufrae Abade, que estava de plantão na 20ª Seccional Urbana, os presos maiores de idade irão responder por tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico, corrupção de menores, receptação dolosa e uso de documentos falsos. Contra um deles havia um mandado de prisão em aberto.

(Caetano Silva)

Publicidade

Relacionados