Psicóloga vai ajudar no programa antitabagismo da Secretaria de Saúde de Marabá

Continua depois da publicidade

antifumoA Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disponibilizou uma psicóloga ao programa antitabagismo do município de Marabá. Ela se junta à equipe de profissionais já existente, composta de médicos e enfermeiros. Hoje, 13 de maio, pela manhã, começou o atendimento aos fumantes na Unidade Básica de Saúde (UBS) Amadeu Vivacqua, localizada no São Félix II. Enquanto na UBS Enfermeira Zezinha, localizada na Folha 23, Nova Marabá, a avaliação dos tabagistas inicia dia 21 deste mês e o atendimento de enfermagem e psicologia no próximo dia 27. Esse programa já funciona no Centro de Saúde Laranjeiras há cerca de dois anos.

Além de buscar melhor qualidade de vida dos pacientes, a partir do abandono do fumo, o programa antitabagismo da SMS visa também incentivar os fumantes no cumprimento da nova lei antifumo, vigente a partir de dezembro/2014, que proíbe fumar em locais fechados, públicos e privados, de todo o país.

Segundo Erenildes Barroso dos Santos, coordenadora do Programa “Ajudando Seu Paciente a Deixar de Fumar”, será implantado em outras oito UBS, sendo uma na zona rural.

Cada UBS trabalhará com cerca de 20 pacientes. A duração do tratamento depende de cada fumante e aos participantes é fornecida medicação (BUP – cloridrato de bupropiona – adesivos ou goma de mascar) grátis, palestras de incentivo, orientações, manuais de instrução para deixar de fumar e consultas médicas, de enfermagem e de psicologia.

Ainda de conformidade com a coordenadora do programa antifumo, os interessados na ajuda para deixar de fumar já podem se inscrever, de acordo com a proximidade de suas residências, nas demais unidades a ser contempladas com essa atividade, conforme lista a seguir: “Jaime Pinto”, Rua São Luís – Belo Horizonte; “Mariana Moraes”, Km 7 – Nova Marabá; Liberdade, no bairro do mesmo nome; Maria Bico Doce, São Felix Pioneiro; Demosthenes Azevedo, Francisco Coelho; Brejo do Meio; “João Batista Bezerra”, Santa Rosa; e na Secretaria de Saúde, Agrópolis do Incra. (Texto e foto: João Batista da Silva)