Prefeitura e Construtora Sucesso assinam O.S. da duplicação da PA-275

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Em cerimônia ocorrida na tarde desta segunda-feira (18), a prefeitura de Parauapebas assinou a Ordem de Serviço para a execução da obra de duplicação das avenidas paralelas à PA-275. A cerimônia, que contou com a presença de vários secretários do governo Valmir Mariano, de vereadores e populares aconteceu no canteiro da PA-275 em frente ao Quartel da Polícia Militar.

20140818_174052

A empresa vencedora da licitação foi a Construtora Sucesso, do Grupo Claudino, que tem como representante antigo em Parauapebas o Armazém Paraíba. Danniel Zveiter, relações institucionais de novos negócios da Construtora Sucesso falou da responsabilidade da empresa com a obra, já que Parauapebas tem o trânsito como gargalo. Para o diretor, a empresa piauiense já assina boas obras sabe das dificuldades de execução de uma obra desse porte, no centro da cidade. Para Zveiter, a Sucesso fará no tempo previsto e de uma forma que a mesma cause o mínimo de transtornos à população.

Raimundo Queiroga, secretário municipal de obras, disse do prazer de estar participando de tão solene ato, qualificado por ele como “um momento impar na história de Parauapebas”. Queiroga afirmou que essa obra faz parte de um conjunto de obras estruturantes que visam mudar a cara de Parauapebas e que foram compromissos firmados pelo prefeito Valmir Mariano durante a campanha para melhorar a mobilidade urbana. Reconhecendo que tais obras impactam negativamente devido ao atrapalho que causam no trânsito, o secretário disse que tem absoluta certeza que após a conclusão dessas obras o governo receberá muito mais aplausos do que críticas, visto que elas mudarão a cara de Parauapebas.

O presidente da Câmara de Parauapebas, vereador Josineto Feitosa disse do prazer de participar de mais um lançamento de obra, coisa corriqueira no governo do prefeito Valmir Mariano, salientando que ao longo desse um ano e meio de mandato muitas coisas vantajosas vêm acontecendo em Parauapebas, parabenizando o prefeito pelo poder de mudança que vem aplicando no município.

O prefeito Valmir Mariano disse que essa obra tem valor superior a R$100 milhões e será feita inteiramente com recursos próprios do município. Segundo o prefeito, a obra tem cronograma de 20 meses, todavia, este será discutido com a empresa, pois Parauapebas tem pressa. Segundo o prefeito, o índice de mortes no trânsito em Parauapebas é preocupante. Valmir Mariano chamou à atenção a sociedade para esses índices alegando que combater esses índices é responsabilidade de todos. Ainda segundo o prefeito, o governo vem fazendo a sua parte melhorando as vias de acesso, melhorando a mobilidade e investindo maciçamente em obras de mobilidade como as dá Faruk Salmen, PA-160 e tantas outras que visam melhorar esse caótico trânsito de Parauapebas.

Valmir Mariano aproveitou a oportunidade para fazer um pequeno balanço de sua gestão. Segundo ele, quando de sua campanha havia um certo desconforto de fazendeiros e agricultores em relação a ele em virtude do mesmo ser empresário. Todavia, disse o prefeito, “já foram investidos mais na zona rural nesses 20 meses do que a soma dos investimentos nos últimos 25 anos”. Valmir afirmou que em um curto espaço de tempo Parauapebas estará exportando peixes, já que só no ano passado foram construídos cerca de 130 tanques de piscicultura  e este ano devem ser construídos mais 300, que possibilitará que o município chegue a uma produção em escala industrial. Ainda na área da agricultura, Valmir afirmou que destocou, gradeou e deu possibilidade para que os agricultores plantassem cerca de 2,7 mil hectares de terra no município.

O prefeito narrou uma conversa que teve com a alta direção da Vale no final do mês passado alegando que conclamou a mineradora para a mesma contribua e seja cúmplice em ações que visem o desenvolvimento de Parauapebas e região.

Valmir Mariano informou que foi assinado na última sexta-feira um convênio com a Caixa Econômica Federal para a construção de mais 1500 apartamentos na invasão conhecida por “Morro do Chapéu”, onde já estava previsto a construção de 1008 unidades habitacionais. O prefeito disse que do local foram retiradas, ordeiramente, mais de 2 mil famílias. Segundo o prefeito, todos as famílias retiradas foram indenizadas pelos barracos que ali existiam e receberão um aluguel social durante todo o período que durar as obras e, quando concluídas, eles retornarão e receberão um apartamento inteiramente de graça. Valmir informou ainda que esse projeto não é só o projeto Minha Casa, Minha Vida, segundo ele, a contribuição do município está na ordem de 30% e que á previsão é de que já no próximo aniversário da cidade cerca de 1.200 apartamentos deverão estar prontos.

Valmir afirmou estar atuando com veemência na área de educação, informando que já inaugurou 12 escolas e que tem mais 6 em andamento. O prefeito afirmou ainda que estão sendo construídas 8 creches e reformando mais duas que foram recebidas da Vale. Valmir disse que está havendo, também, investimentos na qualificação dos professores e que em breve eles estarão participando de um curso de pós graduação.

Valmir disse que seu governo tem compromisso com os servidores públicos. Para tanto, afirmou o prefeito, “já foram concedidos 8% de ganho real nos salários dos servidores, além de uma bolsa alimentação no valor de R$350,00”.

O prefeito agradeceu a todos pela paciência que tiveram com ele durante os oito primeiros meses de governo, afirmando que agora sua equipe está montada e que o trabalho em breve será recompensado.

Ao final, o prefeito pediu a todos que fizessem um minuto de silêncio em homenagem ao ex-governador Eduardo Campos.

Relacionados