Prefeitura de Parauapebas investe em tecnologia para cobrança de multas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Em dois dias de treinamento, 80 agentes de trânsito do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte – DMTT – de Parauapebas são capacitados com o novo sistema de registro de multas, que vai substituir o talão impresso por um talonário eletrônico, que é um dispositivo portátil para auxiliar a fiscalização do trânsito na cidade.

“Acreditamos na eficácia do aplicativo para dar mais agilidade na aplicação das multas e, principalmente, mais transparência já que o novo sistema registra a foto no local da infração. Por exemplo, temos muitos registros de estacionamento em parada de ônibus e quando o veículo for flagrado nessa irregularidade, o agente poderá filmar para provar a imprudência”, relatou Wanterlor Bandeira, Secretário Municipal de Segurança Institucional, informando, ainda, que a previsão da implantação do novo sistema de multas é até 15 de dezembro.

Parauapebas será a primeira cidade do interior do Estado a trabalhar com o equipamento. O representante do aplicativo disse que atualmente 2 mil municípios brasileiros já utilizam o equipamento eletrônico para fiscalização do trânsito. “Esse sistema favorece as estatísticas. Um estudo identificou que se fazia muito papel e se chegava a pouco resultado estatístico no trânsito brasileiro. Então, a criação do talonário eletrônico foi com o objetivo de proporcionar transparência e segurança no processo da multa. Esse sistema tira o risco de multar uma pessoa numa infração que ela não cometeu. Esse dispositivo eletrônico não permite trocar uma placa, CPF, cor do veículo, situação de habilitação, então, o cidadão terá segurança das informações”, detalhou o funcionamento do sistema o instrutor do aplicativo, Edevalber Alves Pereira.

O agente de trânsito Valdenilson Ramos da Silva confia que o novo sistema vai favorecer a fiscalização do trânsito e aproximar o agente aos motoristas. “O sistema vai agilizar nosso trabalho e o aplicativo vai ajudar nas consultas quando o cidadão tem uma dúvida. O agente vai esclarecer dúvidas na hora. O sistema de internet e de satélite auxilia nessa informação instantânea. Além de acabar com a reclamação de que o motorista não cometeu a infração”, comemora o agente de trânsito.

Publicidade