Prefeitura de Canaã planeja retomada de aulas híbridas, mas sem data definida

A previsão inicial era setembro, mas tudo indica que os quase 12 mil alunos da rede municipal permanecerão distantes da sala de aula
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Setembro foi a previsão dada pela Secretaria de Educação de Canaã dos Carajás para que cerca de 12 mil alunos voltassem para a escola, alternando as aulas presenciais e online. Contudo, a prefeitura ainda está planejando a retomada das aulas no modelo híbrido. Tudo indica que deve demorar um pouco mais para que os alunos possam voltar para a sala de aula.

Enquanto cidades como Belém, que tem cerca de 70 mil alunos, retomam as atividades presenciais no dia 1º de setembro, Canaã segue com aulas online desde o início da pandemia, em 2020.

A gestora da Diretoria Pedagógica da Secretaria Municipal, Vanessa Oliveira, informou que as aulas ocorrerão de forma intercalada entre os alunos. “Um grupo participa de um dia das aulas, no outro dia a gente traz outro grupo de alunos, para que possamos seguir de forma bem segura dentro dos protocolos sanitários,” destacou.

O município também prepara a estrutura física para receber os alunos. “Na chegada na escola, o aluno vai ter tapete sanitizante, em seguida passará pelo termômetro para medir a temperatura. Teremos o dispenser de álcool em gel na porta de cada sala de aula, e cada um deles também estará recebendo as máscaras,” disse o gestor de Coordenação, Samuel de Jesus.

“Os funcionários da escola estarão munidos com faceshield [máscara transparente de proteção para os olhos], que estará promovendo a todos os nossos alunos uma segurança maior contra a infecção do coronavírus,” completou.