Polícia procura matador de pecuarista em Xinguara

O procurado é acusado de vários outros crimes na região. Dois comparsas dele estão presos e um morreu em confronto da PM, horas depois de matarem o pecuarista
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

As polícias Civil e Militar estão à procura do indivíduo identificado como Thalles Marcos Carvalho Alves. Ele é apontado como o autor do assassinato do pecuarista José Roberto Bernardino Dantas, de 25 anos, na madrugada de quarta-feira (24), em Xinguara, no sul do Pará. Outros dois envolvidos no crime foram presos e outro morreu em confronto com os policiais ainda na noite de terça-feira, quando ocorreu o assalto que resultou na morte do pecuarista na madrugada seguinte.

Thalles Marcos é apontado como líder do bando que matou pecuarista/Fotos: Divulgação

No mesmo assalto, além do pecuarista Zé Roberto, um amigo dele, prenome Sávio, foi baleado e os criminosos roubaram a caminhonete da vítima.

De acordo com informações repassadas pelo major Torres, comandante da 1ª Companhia Independente de Missões Especiais (CIME), o foragido Thalles seria um indivíduo perigoso, pois já responde pelos crimes de roubo a banco, tráfico de entorpecentes e também por homicídio.

Caso do pecuarista

Segundo a polícia, Thalles e seu bando tomaram a caminhonete de assalto e mandaram Sávio dirigir, enquanto Zé Roberto foi para o banco de trás com um dos assaltantes. Chegando à Vila Xinguarinha, Sávio teria reagido ao assalto e esfaqueado o criminoso que estava no banco do passageiro, com um golpe no pescoço.

Os assaltantes desferiram tiros nos dois amigos e José Roberto foi atingido por vários disparos, morrendo no local. Sávio tentou fugir, mas também foi baleado com quatro tiros e está internado em estado grave.

A PM foi acionada, de modo que a guarnição do município de Pau D’Arco abordou dois suspeitos, na BR-155, com características idênticas às informadas por testemunhas. Eles estavam em uma motocicleta Honda 160. Eles foram questionados de onde estavam vindo e se contradisseram.

O homem que apresentava um ferimento no pescoço foi atendido no hospital municipal, para os primeiros socorros. A polícia continuou as buscas aos demais suspeitos e um acabou morto em confronto com os PMs já na manhã de quarta.

Publicidade