Polícia prende suspeito de ter cometido estupros em série em Parauapebas

A delegada Ana Carolina de Abreu, da Deam, solicita a vítimas de estupro que reconhecerem o criminoso pelas fotos divulgadas nos meios de comunicação, que procurem a delegacia
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Paulo Roberto Marques Ferrique

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil prendeu em Parauapebas, nesta quarta-feira (12), Paulo Roberto Marques Ferrique, 50 anos. Ele é suspeito de ter estuprado pelo menos cinco mulheres na cidade, desde dezembro passado. Ele foi preso por volta das 11h, após ter atacado uma mulher, que não se tornou mais uma vítima porque conseguiu se desvencilhar e fugir. 

Ouvida pelo Blog, a delegada Ana Carolina de Abreu, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) e Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), explicou que o acusado entra nas casas das vítimas, armado de faca ou revólver, as estupra e, antes de sair, rouba objetos de valor, como celulares e outros. 

“Esta semana, ele fez mais duas ou três vítimas, além de ter atacado outras em dezembro,” disse a delegada, solicitando que todas as mulheres que foram atacadas e o reconhecerem, ao ver a foto do acusado, compareçam à Deam para fazer o auto de reconhecimento.

Na manhã desta quarta-feira, por volta das 11h, ele abordou mais uma mulher na rua, roubou o seu celular e a arrastou para um matagal. A vítima, entretanto, conseguiu se livrar do acusado e fugir, procurando em seguida a Delegacia de Polícia Civil.    

Ouvido pela Reportagem do Blog, Paulo Roberto Marques Ferrique, que é metalúrgico e borracheiro, diz que nada tem a temer, pois, nunca cometeu o crime de estupro. Disse que é de Belém e que já foi preso por furto, mas nunca estuprou mulher alguma. Se dispôs, inclusive, a fazer exame de material biológico. 

Várias vítimas de estupro já estiveram na Deam, mas nenhuma delas reconheceu o suspeito como sendo o autor da violência que sofreram. Paulo Roberto, entretanto, continua preso pela tentativa desta quarta-feira.

(Caetano Silva)