Polícia Militar prende em hospital homem acusado de estupro

Ele foi reconhecido por fotografia pela pequena vítima, de apenas 11 anos de idade, e preso na ala psiquiátrica do Hospital Geral
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma guarnição da Polícia Militar, do 23° BPM, de Parauapebas, apresentou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, acusado de estupro de vulnerável, Paulo Henrique Ferreira Cunha, de 22 anos. Segundo a polícia, ele mora na Rua Belo Horizonte, no Bairro Minas Gerais, e é acusado de ter abusado sexualmente de uma criança de 11 anos de idade.

A guarnição teve êxito na prisão de Paulo Henrique após receber informações acerca da localização de um homem suspeito de ter cometido, no último dia 30, o crime de estupro de vulnerável contra uma criança de 11 anos de idade, moradora do bairro Brasília.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, os militares foram ao endereço do acusado com apoio de policiais da Inteligência da PM, que auxiliaram na hora de realizar o cerco evitando uma possível fuga.

Na residência, os policiais foram recebidos pelos familiares do acusado, os quais informaram que ele não estava no local, mas sim internado na ala psiquiátrica do Hospital Geral de Parauapebas.

Contaram ainda que, no dia em que ocorreu o crime, Paulo Henrique havia fugido do hospital e chegou em casa pela parte da manhã, ofegante e suado. Eles relataram ainda que o homem que o acusado teria sido levado pelo Samu ao Hospital Municipal. Como a vítima havia reconhecido o acusado por fotografia, como sendo o autor do abuso que sofreu, os policiais se deslocaram até o hospital onde o detiveram.

Em seguida, a delegada Ana Carolina de Abreu, da Delegacia Especializada ao Atendimento à Mulher (Deam), foi chamada a comparecer ao hospital, instante em que realizou a condução do acusado para os procedimentos legais.

ATUALIZAÇÃO

Ouvida pela Reportagem do Blog, a delegada Ana Carolina de Abreu, titular da Deam, disse que, logo após ter chegado à delegacia, a vítima foi imediatamente encaminhada ao Hospital Geral de Parauapebas, a fim de que tomasse a dose profilática de medicamentos para prevenir possíveis casos de contaminação por ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

Quanto ao acusado, Paulo Henrique Ferreira Cunha, a delegada informou que o tratamento psiquiátrico que ele faz é devido ao uso de drogas. Afirmou que o acusado não se negou a oferecer material genético, para comparação, uma vez que nas roupas da pequena vítima assim como na vagina dela foi encontrado material genético.

“Todo esse material será encaminhado a Belém para exame de compatibilidade genética”, explicou a autoridade.
Paulo Henrique nega que tenha estuprado alguém, mas foi reconhecido pela vítima e testemunhas.

Acerca da alegação de que o acusado tem problemas psiquiátricos, Ana Carolina lembra que Paulo Henrique estava internado no hospital, sob medicação, logo, estava controlado e “tinha o necessário discernimento de decidir se praticava o ato ou não”.
“Não sou médica, mas acredito que uma pessoa internada por desdrogadição não compromete a saúde mental dela em relação a cometer ou não um abuso sexual”, encerra a delegada. Paulo Henrique Ferreira Cunha foi encaminhado à Cadeia Pública de Parauapebas”. (C. S.)

(Caetano Silva)

4 comentários em “Polícia Militar prende em hospital homem acusado de estupro

  1. Antónia Maria pereira sousa Responder

    Boa tarde o Blog que sempre passa Notícias e Acontecimentos da região e da cidade. Quero muito participar do sorteio dos 500 Reais vou ficar muito feliz Se eu ganhar Maria Edileuza pereira sousa Rua C3 Quadra73 Lot7 Bairro tropical2 (94)91750996 Deus abençoe você e sua família

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: