Polícia Civil prende em Dom Eliseu acusado de assaltar caminhoneiro

Os objetos e dinheiro roubados da vítima foram recuperados. O acusado confessou que usou um celular por debaixo da camisa para intimidar a vítima
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Em um trabalho rápido de investigação, policiais civis da Delegacia de Dom Eliseu, no sudeste do Pará, prenderam um homem acusado de assaltar um caminhoneiro, de quem levaram cerca de R$ 28 mil em dinheiro, cheques e um aparelho de celular. Com a prisão do acusado, foram recuperados parte do dinheiro e cheques subtraídos da vítima.

Segundo a Polícia Civil, na tarde desta terça-feira, 05 de maio, os policiais de Dom Eliseu foram informados sobre a ocorrência do assalto. Uma equipe iniciou as investigações e conseguiu reunir informações relevantes sobre as características do autor do crime, assim como da motocicleta usada no roubo.

Os policiais também conseguiram reunir detalhes sobre o bairro onde suspeito mora e o local onde ele costuma jogar cartas. Com essas informações, eles fizeram a abordagem do homem, que foi levado até a residência dele.

De acordo com a polícia, no primeiro momento, o suspeito se mostrou muito tranquilo e concordou com a entrada dos policiais em sua residência e negou que estaria cometendo qualquer crime de roubo na cidade. Ele apresentou às equipes a quantia de R$ 1,2 mil, alegando ser de um cheque recentemente trocado para comprar uma moto.

 Após buscas na casa, foram encontrados envelopes rasgados e amassados da vítima do assalto. Diante da materialidade do crime e com as investigações já bem adiantadas, o suspeito não teve mais como negar e disse onde estava escondido o restante do dinheiro, que somado ao que já havia sido entregue, dava o valor de R$ 5.132.

Os policiais perguntaram ainda onde estaria escondida a arma de fogo usada na ação, o restante do dinheiro e o celular roubado do caminhoneiro, mas o suspeito alegou que usou somente um celular por baixo da camisa para intimidar a vítima. Ele relatou que teria jogado o celular e os cheques em um matagal próximo de sua casa.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito confessou que a moto usada havia sido emprestada anteriormente. Os policiais foram até o local mencionado e conseguiu recuperar o restante dos objetos e dinheiro roubados.

A moto foi apreendida. O suspeito do roubo e o homem que emprestou a motocicleta, que não tiveram os nomes divulgados, foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Dom Eliseu e seguem a disposição da Justiça.

Publicidade