Polícia Civil investiga execução na zona rural de Parauapebas

Em janeiro deste ano, a vítima registrou Boletim de Ocorrência denunciando que foi espancado e ameaçado de morte
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o assassinato de José Lima dos Reis, 47 anos. Ele foi executado com cinco disparos de arma de fogo, por volta das 7h30 desta quarta-feira (15), quando saía de sua propriedade, na Vila Valentim Serra, a 40 km do centro de Parauapebas. O motivo do homicídio e o matador, ou matadores, ainda são desconhecidos.

De acordo com o sargento Erivan, da Patrulha Rural do 23º Batalhão de Polícia Militar, quando ele estava em rondas pela área, foi avisado de que havia um homem morto na vila e se dirigiu ao local indicado, onde constatou que ali havia sido cometido um assassinato.

Comunicada, a Polícia Civil esteve na localidade, acompanhada do pessoal de remoção do Instituto Médico Legal (IML). Ainda na manhã desta quarta-feira, pessoas que tinham contato com José dos Reis começaram a ser ouvidas na Delegacia de Polícia Civil.

De acordo com Boletim Policial registrado por José Lima, em 20 de janeiro deste ano, um homem identificado apenas como “Marquinho”, também morador da vila,  o agrediu fisicamente, passou com um carro por cima da motocicleta dele, ameaçou incendiar o veículo e ainda disse daria um tiro no homem, o que não aconteceu devido à interferência de populares.

Na manhã de hoje, José Lima dos Reis foi baleado quando saía da propriedade dele, já fora da cancela. O homem ainda conseguiu correr por alguns metros, mas não resistiu aos ferimentos causados pelos tiros e morreu. A moto dele foi levada pelo matador e abandonada a cerca de 500 metros do local da execução.

(Caetano Silva)