Polícia Civil de Uruará divulga foto de suspeito de duplo homicídio

O crime aconteceu no dia 2 de abril passado, motivado por desentendimento, ainda não explicado, envolvendo uma bomba d’água
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O crime ocorreu no último dia 2 de abril, na zona rural de Uruará, no sudoeste paraense, quando o casal Jean Souza da Silva, de 29 anos, e Elilde de Oliveira Cunha, 30, morreu vítima de baleamento. Nesta quinta-feira (14), a Polícia Civl divulgou a foto do principal suspeito, identificado como Antônio Francisco de Lima, de 40 anos, conhecido como “Toin”.

De acordo com informações do jornalista Joabe Reis, de Uruará, o crime aconteceu em uma fazenda localizada no Travessão Km 200, cerca de 85 quilômetros distante da sede municipal. Segundo informou a polícia, Antônio Francisco matou marido e mulher a tiros e evadiu-se do local do crime tomando rumo ignorado. O suspeito foi denunciado à Justiça pela prática do duplo homicídio e está sendo procurado.

“A gente faz essa divulgação para que a população compartilhe entre si, porque, quanto mais pessoas tiverem essa imagem em mente, será mais fácil para que o autor seja reconhecido em alguma localidade e assim possa ser denunciada a sua localização para que as autoridades possam efetuar sua prisão”, asseverou o delegado de Polícia Civil Gabriel Impelizieri.

O motivo do duplo assassinato foi considerado fútil. Na data do crime, uma das vítimas ligou uma bomba d’água, o que, não se sabe por que razão desagradou “Toin”. Segundo testemunhas, o casal e o acusado viviam em desentendimento constante. Após as mortes, “Toin” fugiu em uma moto Honda, modelo Bros, com placa do Estado do Ceará.

“Foi uma investigação tranquila. Algumas pessoas que estavam no dia do fato e sobreviveram ao ataque de fúria foram ouvidas como testemunhas. O indivíduo já foi denunciado a Justiça”, finalizou o delegado. Jean e Elilde deixaram órfãos três filhos menores de 10 anos de idade.

(Antonio Barroso)

Publicidade