Parauapebas

PM prende quatro em dois flagrantes de tráfico na madrugada de hoje

Foram presos, por volta das 3h da madrugada desta segunda-feira (30), na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, o taxista Ismael Soares de Araújo, 45 anos, José Jandeilson de Souza Silva, 34,  Elisson de Oliveira Feitosa, 23, e o mototaxista Fábio Rodrigues de Matos, 29. Um casal de adolescentes, ambos de 17 anos, foi apreendido. Israel de Souza foi liberado pela manhã.

Uma guarnição da Polícia Militar fazia rondas, na madrugada de hoje, pelo Bairro Caetanópolis, quando percebeu movimentação estranha em um táxi Fiat Siena, placas QEU-9180. Ao abordar os ocupantes do veículo, observou que Elisson Feitosa tentava entregar seu celular, como pagamento de uma corrida ao condutor, Ismael de Araújo.

O taxista havia trazido uma adolescente de 17 anos, namorada de Elisson, de Marabá para Parauapebas, pelo valor de R$ 250,00. Os PMs da guarnição, então, solicitaram que Elisson Feitosa mostrasse a Nota Fiscal do celular que tentava negociar, mas este disse que o documento estava com seu patrão, José Jandeilson, na Rua Humberto de Campos.

Ao chegarem à casa de Jandeilson, segundo os PMs, eles encontraram um adolescente de 17 anos no imóvel, para quem pediram e tiveram permissão para entrar. Lá dentro perguntaram a Elisson Feitosa se ali havia entorpecentes. O rapaz não só confirmou como disse onde estava a droga.

Ao revistarem a casa, os PMs encontraram, sob a pia do banheiro, 72 “cabeças” de crack, um tijolo grande e um pequeno do mesmo entorpecente, uma balança de precisão, uma máquina de crédito e débito e R$ 93,00.

Indagado sobre José Jadenilson, Elisson disse que ele se encontrava na casa da namorada, na Rua Érico Veríssimo, para onde a guarnição se deslocou tendo efetuado a prisão.

Agora, pela manhã, o taxista Ismael Soares de Araújo, após ter sido ouvido em depoimento, foi liberado pela Polícia Civil. Enquanto José Jandenilson de Souza Silva, Elisson de Oliveira Feitosa e Fábio Rodrigues de Matos foram enquadrados na Lei Antidrogas, acusados de tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico. Já os dois adolescentes estão à disposição do Ministério Público Infância e da Juventude.

Outro flagrante na madrugada desta segunda-feira

Também na madrugada de hoje, por volta das 3h40, uma guarnição do Grupo Tático Operacional da PM prendeu, em um bar no Bairro Vila Rica, Erlan Pena Gomes, 18 anos, e Jadson Costa, 21. Eles foram levados para a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, acusados de tráfico de entorpecentes

Com Jadson e Erlan os policiais disseram ter encontrado 23 petecas de crack, seis de cocaína e duas de maconha prensada. Para a Reportagem Erlan Gomes se defendeu da acusação: admitiu que já teve passagem pela polícia, quando adolescente, por tráfico de entorpecentes, mas agora, fora do mundo do crime, trabalha de serralheiro.

Pena explicou que, na hora em que foi abordado, estava no bar tomando uma cerveja e que não tem relação alguma com a droga encontrada com Jadson.

Após ouvido pelo delegado de plantão, Erlan Pena Gomes foi liberado pela polícia, enquanto Jadson Costa, que não quis falar com a Reportagem, foi atuado por tráfico de entorpecentes.

(Caetano Silva)

Deixe seu comentário