PM prende entregador de drogas delivery disfarçado de entregador de fast-food

Ao desmontarem a bolsa térmica, os policiais militares encontraram maconha e cocaína. O entregador não pensou duas vezes antes de entregar o nome e o endereço do fornecedor
As drogas encontradas com os dois

Continua depois da publicidade

Policiais militares do 23º BPM, de Parauapebas, prenderam, por volta das 21h30 deste sábado (15), Mateus Eduardo Pereira Porto e William Campos da Silva. Com Mateus, que usava como fachada a bolsa de uma empresa de delivery de fast-food para fazer entrega de drogas, a PM encontrou 64,1 gramas de maconha e 47,5 gramas de cocaína. Na casa de William, o fornecedor do entorpecente, foram encontrados 58 gramas de cocaína, 64,1 gramas de crack e 272,1 gramas de maconha.

Mateus foi surpreendido em uma abordagem de rotina, no cruzamento das ruas Y1 e Y3, no Bairro Cidade Jardim, quando pilotava a moto Honda CG Titan, 150cc, EX, vermelha, placa OTT-3717/Curionópolis-PA, levando na garupa, além da bolsa, uma adolescente de 17 anos. 

De acordo com os PMs, eles mostraram atitude considerada suspeita e, por isso, foram interpelados. Ao desmontarem a bolsa e retirarem a caixa térmica de isopor, os policiais encontraram a maconha e a cocaína no fundo da bolsa de plástico. Interrogado, Mateus não teve dificuldade em apontar o nome nem o endereço de William, onde foram encontradas mais drogas.

William Campos da Silva e Mateus Eduardo Pereira Porto

A adolescente foi liberada, pois nada foi encontrado com ela, mas Mateus Eduardo Pereira Porto e William Campos da Silva, assim como as drogas e a motocicleta foram conduzidos para a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

(Caetano Silva)