Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Pit bull ataca e arrasta criança de três anos em Parauapebas

O cão só não matou a menina porque populares correram em socorro da criança e a resgataram da boca do animal feroz. A garota está hospitalizada, mas não corre perigo de morte

O delegado Thiago Carneiro, da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, de Parauapebas, autuou por lesão corporal culposa o dono de um cão pit bull que, na noite de quarta-feira (29), em uma rua do Bairro Cidade Jardim, atacou uma menina de três anos de idade,  aplicando-lhe mordidas em várias partes do corpo e chegando a arrastar a criança por alguns metros. O animal só não matou a garota, cujo nome não foi divulgado, pela interferência de vizinhos, que correram e socorro e a tiraram da boca do bicho.

O dono do cão, que também não teve o nome revelado, foi localizado e conduzido por uma equipe de policiais até a Delegacia de Polícia Civil, onde admitiu que o cão já fugiu em outras ocasiões e atacou outras pessoas.

Explicou que passa o dia fora, trabalhando, e que um filho dele é quem toma conta do animal, porém, o cão é muito grande e forte, por isso, consegue fugir do cercado em que é mantido. Na DP, o homem assinou um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e foi liberado. Agora, vai aguardar a intimação da Justiça que julgará o caso.

A menina foi imediatamente removida para o Hospital “Yutaka Takeda”, na Serra dos Carajás, onde foi medicada, segue internada e, segundo o delegado Carneiro, não corre risco de morte. Os pais da garota também estiveram na DP prestando queixa.

O ataque foi filmado por uma câmera de monitoramento de uma casa. Assista os momentos de desespero pelo qual passaram a crianças, os outros meninos e oz vizinhos.

 

Deixe uma resposta