Piçarra e Bannach lideram ranking de municípios sem crimes violentos no Pará

Os dados foram divulgados neste domingo (25), pelo Centro de Inteligência da Polícia Militar. Santo Antônio do Tauá, no nordeste do estado, completa a lista dos municípios sem Crimes Violentos Letais há mais dias no Pará
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
O Sistema Integrado de Segurança Pública tem obtido resultados positivos no combate à criminalidade no Pará (Foto: Jader Paes/Agência Pará)

Continua depois da publicidade

O Centro de Inteligência da Polícia Militar (Cint) divulgou, neste domingo (25), o ranking dos municípios do Pará que estão há mais dias sem registro de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Para a Polícia Militar, os números evidenciam os avanços e investimentos feitos pelo governo do estado na área de Segurança Pública, que resultam em ações positivas que a corporação vem realizando no interior do Pará. 

De acordo com os dados divulgados, o município de Soure, localizado na Ilha do Marajó, está desde o dia 7 de dezembro do ano passado sem registro de homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte e ocupa a décima posição no ranking. Santa Cruz do Arari, também localizado no arquipélago marajoara, aparece em nono lugar, sem qualquer registro desse tipo de crime desde o dia 30 de novembro de 2020. 

Em oitavo lugar está o município de Oeiras do Pará, que está sem registro de mortes violentas desde o dia 22 de novembro de 2020. A sétima posição é do município de Sapucaia, no sudeste do estado, que está sem registo de CVLI desde o dia 10 de outubro do ano passado. 

Investimentos em Segurança Pública contribuíram para redução da criminalidade no estado (Foto: Jader Paes/Agência Pará)

No nordeste do estado, o município de São João da Ponta está desde o dia 6 de outubro de 2020 sem registro de mortes violentas e, por isso, ocupa o sexto lugar, seguido de Mojuí dos Campos, que está sem registro desde o dia 28 de setembro, ocupando a quinta posição. 

Na região do Tapajós, o município de Rurópolis aparece em quarto lugar sem o registro de CVLI desde o dia 25 de agosto do ano passado. Em terceiro lugar está Santo Antônio do Tauá, no nordeste do estado, sem registrar homicídios e mortes violentas desde o dia 12 de agosto de 2020. 

No sul do estado, Bannach está desde o dia 24 de julho de 2020 sem mortes violentas, ocupando a segunda posição. Porém, o registro mais expressivo é do município de Piçarra, no sudeste do Pará, que está desde o dia 29 de fevereiro do ano passado, o que representa mais de 500 dias sem esse tipo de crime na cidade. 

Segundo o governo do estado, os resultados positivos são frutos das ações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup). Elas  permitiram aumentar o quantitativo da PM, com mais policiais nas ruas, assim como ampliou operações importantes para o interior do Pará, garantindo o suporte de novas viaturas, armamentos e equipamentos para a tropa, além de investir no aperfeiçoamento técnico do efetivo por meio de cursos, orientações e palestras.

Tina DeBord – com informações da Secom