PC prende em Santa Catarina mandante da morte de agentes de segurança pública do Pará

O acusado foi preso em Balneário Camboriú. Ele é apontado como o mandante da tentativa de homicídio contra um PM da reserva, além do homicídio de um guarda municipal de Belém, crimes ocorridos no mês de março deste ano
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil do Pará, por meio da Divisão de Homicídios (DH) e Delegacia de Agentes Públicos (DHAP), cumpriu, nesta quarta-feira (20), em Santa Catarina, três mandados de prisão preventiva e busca e apreensão domiciliar contra um investigado pelos crimes de homicídio contra agentes de segurança pública do estado. A operação foi realizada em conjunto com a Polícia Civil de Santa Catarina.

A prisão ocorreu em Balneário Camboriú. Segundo a Polícia Civil, o indiciado é apontado como mandante de vários crimes no Bairro da Guanabara, em Ananindeua, entre eles, a tentativa de homicídio contra um policial militar da reserva, além do homicídio de um guarda municipal de Belém, crimes ocorridos no mês de março deste ano.

“Após os crimes, as equipes da especializada iniciaram diligências no sentindo de obter a identificação de envolvidos nos delitos e a partir de provas contundentes sobre a participação dele a equipe conseguiu identificar o local exato onde o homem estava e, com isso, efetuar a prisão”, informou o delegado-geral da PC, Walter Resende.

Ainda segundo a PC, as investigações iniciaram logo após os crimes e, após intenso trabalho investigativo de várias equipes, foi possível realizar mais essa importante prisão. O preso, aponta a Polícia Civil, é integrante de uma facção criminosa atuante no Pará.

Ele exerceria a função de “torre” e “disciplina” da organização criminosa no Bairro da Guanabara. “Todos os procedimentos policiais estão sendo devidamente realizados, bem como o recambiamento do preso para o Pará”, esclarece a PC.

Tina DeBord – com informações da PC