Parauapebas

Parauapebas: trânsito sofre alterações no entorno do viaduto

Desde ontem, terça-feira (16), os motoristas de Parauapebas enfrentam mudanças no trânsito no entorno do viaduto localizado entre as PAs 160 e 275. Conforme o Departamento Municipal de Trânsito e …

Foto - Irisvelton SilvaDesde ontem, terça-feira (16), os motoristas de Parauapebas enfrentam mudanças no trânsito no entorno do viaduto localizado entre as PAs 160 e 275. Conforme o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT), as alterações estão sendo realizadas devido ao grande número de acidentes registrados no local.

“O avanço de sinal é uma das principais imprudências na área. Quando abria o semáforo da Avenida Liberdade, os motoristas faziam fila dupla e convergiam para a esquerda imprudentemente, travando o trânsito e provocando acidentes”, explica Edimar Pereira, do Setor de Engenharia do DMTT.

Com a retirada do semáforo e as mudanças, para o condutor acessar o centro da cidade vindo de Canaã dos Carajás, precisa agora passar por cima do viaduto e pegar o retorno que fica próximo ao Hotel Onix. Já quem vem da PA 160 terá que acessar a via por baixo ou por cima do viaduto e pegar o retorno mais próximo, neste caso, nas proximidades da empresa Rip, sentido Canaã ou na rotatória perto ao antigo boliche.  

Viaduto

Para quem costuma passar pelo local todos os dias, estranhou a mudança, como foi o caso de Jéssica do Carmo, moradora do bairro Nova Carajás. Para ela, a mudança pode gerar dor de cabeça a quem transita por ali, já que alguns condutores estão acessando a pista contrária entre as barreiras instaladas.

“Presenciei uma grande confusão no local, tive que reduzir bem a velocidade para uma caçamba acessar a pista entre as barreiras. Tem que ter muita paciência, porque os motoristas, grande parte deles, não contribuem com a melhoria”, opina.

Os semáforos retirados do local serão implantados na Avenida dos Ipês, no bairro Cidade Jardim.

Fotos: Irisvelton Silva

5 comentários em “Parauapebas: trânsito sofre alterações no entorno do viaduto

  1. Alan Reis Responder

    Existem mais pontos negativo do quê positivos. Por exemplo: Falta de orientação (agentes de transito), sinalização, multas desnecessária, tendo em vista toda a mudança de trafego, tanto para quem é da cidade como para os condutores de outras cidades que quando adentra a cidade se deparam com todas as questões anteriores (levando multas por falta de informação e orientação). Outro ponto negativo é os radares em pontos desnecessários. Ao meu ver, isso é só desculpa para arrecadação de mais dinheiro. Pois o indicadores de acidentes é maior devido a condutores alcoolizados, não existe leis para estes tipo de condutores, acidentes acontecerão com fiscalização eletrônica ou sem fiscalização, ou seja, o ideal ainda é colocar mais agentes em pontos de maior incidência de acidentes.

    Muitos condutores estão perdendo sua CNH por falta de bom senso por parte da gestão publica de transito. É claro que muitos merecem ser punidos por sua irresponsabilidades, mas em outros casos tem muitos pais de família que dependem de sua CNH para trabalhar e por uma simples falta de orientação e informação estão sendo punidos.

  2. Manoel Fonseca Responder

    PARABÉNS AO VEREADOR ZACARIAS PELA BRILHANTE IDÉIA DE RESOLVER UM DOS MAIORES PROBLEMAS DE PARAUAPEBAS…..
    Que é justamente o bendito viaduto que era o único do Brasil com semáforos….
    Agora sim ficou perfeito… Como cidade grande…. Onde temos que apenas andar alguns metros a mais….
    E assim evitamos acidentes….
    Quem reclama são pessoas acostumadas com trânsito de cidades pequenas e semi analfabetos……
    Que não tem nem conhecimento de um fato quando é importante para o desenvolvimento de uma nação….
    PARABÉNS MAIS UMA VEZ ZACARIAS….
    Você merece ser indicado cidadão que marcou época na inteligência em Parauapebas….
    Abraços e sucesso…..

  3. soares Responder

    Atenção Coordenador vamos atras de empresas e cooperativas para gerar empregos diretos e indiretos!!!

    Cade as empresas de pesquisas?
    cade as cooperativas de reciclagens?
    cade as industrias?
    cade as fabricas de confecções?
    cade os cursos técnicos gratuitos para jovens?
    Gente Parauapebas não tem nada… porque então o chamam de pebinha de açúcar????

  4. 33 Responder

    É difícil as vezes de entender os pontos positivos na mudança mas devido ao crescimento da cidade e aumento do fluxo de veículos e o número assustador de acidentes entendemos, melhor, aceitamos.
    Pois os pontos negativos são: a distância a ser percorrida devido ao valor do combustível que amarga na hora de abastecermos, mas o pior é a falta de orientação previa e presente (presença de agentes) e a falta de ações do departamento de transito…
    Uma sugestão seria a instalações de sensores de controle de avanço em sinal vermelho com aplicação de multas…Acho que seria uma solução mais eficiente e viável!?.

  5. Ener Responder

    É difícil as vezes de entender os pontos positivos na mudança mas devido ao crescimento da cidade e aumento do fluxo de veículos e o número assustador de acidentes entendemos, melhor, aceitamos.

    Pois os pontos negativos são: a distância a ser percorrida devido ao valor do combustível que amarga na hora de abastecermos, mas o pior é a falta de orientação previa e presente (presença de agentes???) e a falta de ações do departamento de transito…Pois os condutores estão perdidos por onde seguir!!!

    Uma sugestão seria a instalações de sensores de controle de avanço em sinal vermelho com aplicação de multas…Acho que seria uma solução mais eficiente e viável!?.

Deixe seu comentário