Parauapebas tem queda de quase R$ 15 milhões nos royalties de março para abril

Blog já havia antecipado a diminuição da receita da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem) em publicação do dia 12 de março. Queda veio ainda pior que o esperado.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Conforme estimado com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu no início do mês passado (veja aqui), a arrecadação de royalties de mineração caiu. E a derrocada é histórica: R$ 14.276.466,22 a menos. As informações acabam de ser divulgadas pela Agência Nacional de Mineração (ANM).

É a primeira vez em que a Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem) do município cai de maneira tão avassaladora assim, de um mês para outro: em março, a prefeitura recebeu R$ 43.432.676,43, enquanto a cota divulgada esta tarde, a ser paga nas próximas horas, é de R$ 29.156.210,21. A baixa é da ordem de 33%.

O Blog tem constantemente alertado ao governo municipal, particularmente o prefeito Darci Lermen, sobre a importância do trato com os recursos públicos, sobretudo porque a receita de Parauapebas é grandiosamente sustentada na compensação financeira pela produção de recursos que são finitos, como os bens minerais.

Hoje, o que justifica a queda na receita é a baixa da produção de minério de ferro da empresa multinacional Vale, de quem o município depende em razões e emoções que beiram 70% de sua existência. Para piorar, o royalty de maio virá ainda mais baixo, uma vez que o fato gerador que tem como parâmetro a produção mineral do mês de março foi menor que o fato gerador de fevereiro. E não: ainda não é o final do ciclo da atividade mineral no município.

A queda na arrecadação nos próximos meses pode ser interpretada como algo pontual e voltará a crescer. Entretanto, serve de alerta para a urgente necessidade de se repensar o direcionamento econômico, a geração de emprego e renda e a conformação de novas frentes de divisas a fim de que Parauapebas tenha sustentabilidade quando a mineração industrial de legar escala fatalmente findar seu ciclo por aqui.

Publicidade