Parauapebas: Rede Cidadania ganha certificado “Ponto de Cultura do Estado”

A conquista foi apresentada durante a realização do Projeto Ciclo de Palestras, realizado no último sábado (12), no Centro de Treinamento Bioquality
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Com trabalho reconhecido na área social, o Instituto Rede Cidadania, de Parauapebas, ganhou o certificado “Ponto de Cultura do Estado do Pará”, expedido pela Secretaria de Estado de Cultura (Secult), que o torna reconhecido pela Rede Paraense de Pontos de Cultura – Rede Ajuricaba. A conquista foi apresentada durante a realização do Projeto Ciclo de Palestras, que aconteceu no último sábado (12), no Centro de Treinamento Bioquality.

O ciclo de palestra abordou a temática: Cultural e Desenvolvimento Local. Gestão Cultural e Ferramentas de Comunicação na Contemporaneidade “Redes e Mídias Sociais”. O evento contou com a participação de diversos fazedores de cultura do município e do consultor, empreendedor e produtor cultural Jonas Carneiro.

Jonas é representante da Empresa Tallentus Amazônia. Ele foi facilitador do evento e, conjuntamente com a Diretoria Executiva do Instituto Rede Cidadania, fez a apresentação ao público do certificado conquistado pelo instituto.

O Instituto Rede Cidadania foi fundado em 2018.  É uma Organização da Sociedade Civil (OSC), que visa principalmente à garantia dos direitos sociais, atuando nas áreas socioeducacionais, socioculturais, socioassistenciais e socioesportivo, desenvolvendo ações que são de relevância pública e social, especialmente para atendimento de crianças, adolescentes, jovens e famílias.

Segundo a diretoria do instituto, na perspectiva do cumprimento efetivo da cidadania e da inclusão social, o Rede Cidadania participa ativamente das discursões do Conselho Municipal dos Direitos de Crianças e Adolescentes de Parauapebas (Comdcap) e do Conselho Municipal de Juventude (Comjup), do qual possui registro.

O Instituto atua ainda com a realização de palestras, oficinas educativas, cursos profissionalizantes, capacitações, rodas de conversa e workshop. O instituto participa também de outras ações, como o Projeto Dia de Lazer com a Juventude, Tecnologias Sociais e Ações em Rede e Formação para produtores Culturais.

(Tina Santos)

Publicidade