Parauapebas

Parauapebas: governo municipal pretende entregar 10 mil unidades habitacionais

A atual gestão municipal de Parauapebas estabeleceu como meta construir e entregar nos próximos quatro anos 10 mil unidades habitacionais por meio dos seguintes projetos habitacionais: Nova Carajás IX, Nova …

A atual gestão municipal de Parauapebas estabeleceu como meta construir e entregar nos próximos quatro anos 10 mil unidades habitacionais por meio dos seguintes projetos habitacionais: Nova Carajás IX, Nova Carajás XI, Vila Nova, Alto Bonito, Residencial no Lote Urbanizado e um novo projeto que está em processo de formulação e aquisição de áreas.

“Queremos entregar moradia digna para nossa população carente, possibilitando, além de um imóvel, acesso à saúde e à educação, gerando assim mais qualidade de vida para o nosso povo. Esse é o compromisso do nosso governo na área habitacional”, declara o prefeito Valmir Mariano.

A responsabilidade de executar essa meta é da Secretaria Municipal de Habitação de Interesse Social (Sehab), criada a partir da grande demanda por moradia digna em Parauapebas.

Atualmente, a Sehab conta com projetos habitacionais variados e o processo de participação em qualquer um deles começa pelo setor de cadastro, localizado na Rua O nº 326, Bairro União. Em média, são cadastradas mil pessoas por mês e o atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, no horário comercial.

Os interessados em conquistar moradia digna precisam fazer a inscrição no setor de cadastro e poderão ser beneficiado se estiveram dentro dos critérios pré-determinados por lei, destacando-se, entre eles, morar em Parauapebas há pelo menos três anos, ter renda familiar de 0 a 3 salários mínimos e não possuir imóveis registrados em seu nome.

Após realização do cadastro, o possível beneficiário recebe visita para averiguação das informações fornecidas e diagnóstico de prioridade de atendimento nos projetos habitacionais. Em muitos casos são identificadas durante as visitas famílias que precisam de atenção social especializada, situação que é encaminhada para os assistentes sociais da Sehab.

Projetos em andamento

  • Residencial Vila Nova – Projeto do Programa Minha Casa Minha Vida, que conta com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), financiado por meio da Caixa Econômica Federal e executado pela construtora H.F.Engenharia. O projeto prevê a construção de 650 casas, uma unidade de saúde e uma escola infantil. As construções utilizadas neste projeto contam com um processo moderno e inovador. As casas são fabricadas em puro concreto, garantindo segurança e melhor sensação térmica. Outra grande vantagem deste tipo de construção é a rapidez na obra. São levantadas em média cinco casas por dia. O projeto tem prazo de entrega previsto para janeiro de 2014.
  • Residencial Nova Carajás IX – Projeto também com recursos do Programa Minha Casa Minha Vida, por meio do FAR, financiado pelo Banco do Brasil. A execução da obra é responsabilidade da empresa Construtora e Transportadora Carvalho (CTC Engenharia). O projeto prevê a construção de 1.194 casas, uma escola de ensino fundamental, uma escola de educação infantil, uma unidade de saúde e um Centro de Referência em Assistência Social (Cras). As casas estão sendo levantadas no modelo convencional e têm previsão de serem entregues à comunidade no primeiro semestre de 2014.
  • Residencial Nova Carajás XI – Um projeto novo em fase de estruturação e prevê a construção de 2.220 unidades habitacionais em uma área adquirida recentemente pelo governo municipal.
  • Residencial nos Lotes Urbanizados – Na área dos Bairros Ipiranga e Tropical I e II, a prefeitura vai construir com recursos próprios 500 casas para as famílias em situação de vulnerabilidade social, duas unidades básica de saúde, duas escolas de educação infantil, duas escolas de ensino fundamental, um Cras, duas praças e um centro social. O projeto está em fase de licitação.
  • Morro Alto Bonito – Projeto de Urbanização e Revitalização Morro do Chapéu, que inicialmente atenderia 1.008 famílias, mas agora vai atender 1.528. O projeto prevê a construção de 1.528 apartamentos divididos em 30 prédios de sete andares. Além disso, deverão ser construídos dois centros comerciais, uma unidade de saúde, uma escola infantil, duas quadras de esportes, revitalização da área alagada com passeios públicos, lagoa, quiosques, trapiche e pista para caminhada e trilha ecológica. Como parte integrante do projeto, será implementado também o Programa de Trabalho Técnico Social (PTTS), que visa possibilitar às famílias da localidade o fortalecimento dos vínculos familiares, vizinhança e sociabilidade e especialmente trabalhar nas famílias seu protagonismo social e o poder de associativismo.
  • Novo projeto – O governo municipal já está em negociação para aquisição de uma nova área onde se pretende construir mais4780 unidades habitacionais.

Na próxima reportagem da série especial sobre questões habitacionais em Parauapebas, será abordado sobre o Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS).

Fonte: ASCOM PMP

4 comentários em “Parauapebas: governo municipal pretende entregar 10 mil unidades habitacionais

  1. Cauan Pirí Responder

    Continuo com a mesma opinião(…) Sou contra esse negócio de distribuir casebres para o povo, haja visto que essa cidade não tem uma identidade cultural! O “povo” é instável,( imigrantes) isto só beneficia as empreiteiras e os oportunistas de plantão. O prefeito deveria se concentrar na população de modo geral, como saneamento básico, transporte público, trânsito, Ordem publica, etc. Não devamos alimentar os miseráveis e sim ensiná-los a estudar e trabalhar honestamente. Essa coisa de ” dar” casebres de graça é politica do PT, e claro os miseráveis só querem esmolas.

  2. desiludida Responder

    com essa secretariazinha de Habitação isso é impossível já se passaram 06 meses e nunca foram liberados os títulos dos lotes que foram doados na gestão anterior, e sempre que vou tentar receber o meu titulo me falam que tá faltando tinta na impressora.
    tá na hora de irmos pras ruas povo

  3. Anônimo Responder

    COM ESSA SECRETARIAZINHA AI ISSO É IMPOSSÍVEL JÁ SE PASSARAM 06 MESES E NUNCA FOI RESOLVIDO NEM A SITUAÇÃO DE LIBERAÇÃO DOS LOTES QUE FICARAM ENTREGUES PELA GESTÃO ANTERIOR.
    TÁ NA HORA DO POVO IR PRA RUA

    • EDNILSON ALVES Responder

      O NOSSO PRFEITO É BEM INTENCIONADO,MAIS ESSA SECRETARIA DE HABITAÇÃO ESPOSA DO VEREADOR BRAZ,LIGADA A GESTAÕ DE CORRUPTOS DO GOVERNO PASSADO,QUE JA VEM DE ESQUEMAS LIGADO A SAÚDE,NAÕ TEM CREDIBILIDADE PARA GERIR ESSES PROJETOS

Deixe seu comentário