PA-275 volta a ser fechada por fazendeiros

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Alegando que nenhuma autoridade esteve no local para resolver o impasse entre integrantes do MST e fazendeiros na Fazenda Fazendinha, os proprietários rurais resolveram cumprir a promessa e interditar a PA-275 na altura do Acampamento Frei Henri, entre Curionópolis e Parauapebas.

A interdição se deu às 13 horas e, segundo João Barreto, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas, a estrada permanecerá fechada por tempo indeterminado, sendo aberta de 3 em 3 horas,pois o objetivo é sensibilizar as autoridades para o problema e não tirar o direito de ir  e vir  da população.

PA275 interditada2

Em nota postada em uma rede social, João Barreto pediu desculpas pela interdição: “Queremos pedir desculpas a todos, mas infelizmente teremos que tomar a atitude de fechar a PA 275 temporariamente, pois até o momento nenhuma autoridade apareceu ao local.” João Barreto, presidente do Siproduz.

9 comentários em “PA-275 volta a ser fechada por fazendeiros

  1. Respeito a propriedade privada Responder

    Os movimentos sociais rurais (MST etc…) são uma praga para o desenvolvimento do país. Uma praga para o desenvolvimento da agricultura.

  2. Edivaldo Responder

    Chumbo tem que levar e quem não tem conhecimento das causas e vem as redes sociais pra falar besteira, a terra e grilada, porque ao invés de condenar as famílias por lutar por um pedaço de terra, você não condena esse tal fazendeiro por sozinho invair tamanha propriedade. Faça me o favor hipocrisia tem limite…

  3. Rafaela Responder

    Foda é que MST, quer protestar e aí. O q tem com a RODOVIA?
    Se tivesse estudado, tivesse trabalhando não estaria nessa bosta, quer tomar a fazendo pra que diabos? Fazer a merda da cabaninha de palha e torna a propriedade parada. Quer fazer algo interessante que todos aderem? Cv cm o fazendo pra trabalhar lá porra. Saco cheio desses MST fechar estrada, queimar pneus(danifica toda a estrada que já não tem qualidade) e voltam pras cabaninhas deles como se não tivessem feito nada. Pouca sem vergonhice fechar a estrada e colocar crianças e pessoas de idade num calor no meio da baderna. E deu no que deu de quando atropelaram a pobre senhora. MST tem q levar chumbo e ir trabalhar e parar de viver a custo dos outros.

      • Walter Fernandes Camacho Responder

        Que estão corretos em fechar quando o governo que tem que fazer seu papel fica omisso

    • Edivaldo Responder

      Chumbo tem que levar e quem não tem conhecimento das causas e vem as redes sociais pra falar besteira, a terra e grilada, porque ao invés de condenar as famílias por lutar por um pedaço de terra, você não condena esse tal fazendeiro por sozinho inovador tamanha propriedade. Faça me o favor hipocrisia tem limite…

      • Walter Fernandes Camacho Responder

        Hipocatra e você cidadão que não sabe o que está falando, também não aprovo violência, agora vim dizer que o fazendeiro e grilheiro de terras só demonstra sua falta de conhecimento, procure conhecer a história de vida deste senhor que conheço a mais de 20 anos e sei o quanto ele lutou pra conquistar o que conquistou, vá se informar amigo pra depois dar seu comentário.

    • Elza Responder

      Tem que acabar com esses bandos de MST, eles não quer terra para trabalhar, eles gostam só de estar fazendo desgraça nas fazendas. Essa família do ex-presidente Lula.

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: