Ourilândia do Norte: Acusado de assaltar loja morre em confronto com o GTO

O assalto aconteceu na última terça-feira (27). O acusado, na companhia de outro comparsa, que lhe deu cobertura, rendeu funcionários da loja e subtraiu vários objetos. Ele já tinha passagem pela polícia por roubo
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um homem acusado de participar do assalto a uma loja na cidade de Ourilândia do Norte, no sudeste do Pará, morreu no início da madrugada desta quarta-feira (28) após ser alvejado durante confronto com policias militares do Grupamento Tático Operacional (GTO). A vítima, identificada como Lucas Maciel Valentim Silveira, já tinha passagem pela polícia por roubo.

O assalto à loja, que fica no Setor Aeroporto, aconteceu por volta de 18h02 e foi todo registrado pelo circuito de câmeras do estabelecimento comercial. As imagens mostram Lucas Maciel chegando ao local de moto, junto com outro comparsa. Ele desce da moto e entra na loja já rendendo uma funcionária com uma arma de fogo.

O assaltante entrega uma mochila para a funcionária e manda ela colocar objetos. Na sequência das imagens, aparece outro funcionário sendo ameaçado com a arma e obrigado a colocar mais objetos na mochila.

Após encher a mochila, o acusado sai tranquilamente, sobe na garupa da moto e vai embora com o comparsa. Após o assalto, a Polícia Militar começou a realizar diligências na cidade para tentar localizar os assaltantes.

Por volta de 20h00, os policiais receberam a informação que um dos acusados estava na Rua São Paulo, que fica no mesmo bairro onde aconteceu o assalto. Uma guarnição do GTO foi para endereço citado.

Ao ver a guarnição, o suspeito correu para os fundos de uma casa e efetuou disparos contra os policiais com um revólver calibre 38. Os militares reagiram e ele foi alvejado. 

Lucas foi socorrido pelos próprios policiais e levado para o Hospital Municipal de Ourilândia do Norte, chegou a ser atendimento, mas faleceu no início da madrugada.

A polícia ainda não conseguiu identificar o segundo suspeito que deu cobertura durante o assalto, pilotando a moto. Lucas Maciel já tinha passagem pela polícia por roubo.

(Tina Santos- com informações de Jucelino Show)