Nero de Pacajá briga com a mulher e incendeia a casa dele e duas dos vizinhos

O incendiário foi preso quando tentava fugir da cidade. Ele, que já é acusado de homicídio, vai responder também pelos crimes de violência doméstica, danos materiais e lesão corporal
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Uma briga de casal resultou na destruição de três imóveis em Pacajá, quando Alexandre Damasceno resolveu atear fogo na casa em que morava com a companheira. Por conta disso, ele está preso na Delegacia de Polícia Civil. O sinistro foi registrado na noite de domingo (8), por volta de 21h, no Bairro Alto Bonito.

De acordo com os vizinhos, Damasceno chegou em casa por volta de 20h e a mulher, não identificada, reagiu a uma agressão verbal dita por ele. O casal travou calorosa discussão, onde a mulher pediu a separação conjugal. Damasceno não aceitou o fim do relacionamento.

Após a discussão, seguida de desforço físico, Damasceno ficou revoltado e decidiu atear fogo no imóvel alugado, onde morava com a mulher, que saiu da casa antes que as chamas consumissem móveis, utensílios domésticos, roupas e objetos. A mulher teve lesões pelo corpo decorrentes da briga.

Rapidamente as chamas consumiram o barraco de madeira e atingiram mais dois imóveis. Os moradores vizinhos tentaram debelar o fogaréu com baldes de água. Um carro-pipa da prefeitura local chegou para apagar o fogo antes que outros imóveis fossem atingidos.

A Polícia Militar foi chamada para prender o incendiário. Ele foi preso em flagrante em um posto de combustíveis da cidade, quando tentava fugir. Na Delegacia de Polícia Civil foi descoberto que Damasceno é acusado de um homicídio. No caso do incêndio, ele responderá pelos crimes de violência doméstica, danos materiais e lesão corporal.

(Antonio Barroso)

Publicidade

Relacionados